Modelo de notícia: como criar um release de forma profissional?

Quem trabalha com comunicação com certeza já deve ter ao menos ouvido falar no termo “release” ou “press release”. Trata-se de um modelo de notícia bastante utilizado pelas assessorias de imprensa para divulgar alguma informação publicamente.

Embora pareça simples, criar um release de forma profissional exige uma série de conhecimentos técnicos e cuidados com a linguagem. Para isso, entenda o que esse gênero jornalístico realmente é e saiba como produzir um texto nos moldes ideais.

O que é release?

Surgido pela primeira vez no ano de 1906, após um trágico acidente de trem na cidade norte-americana de Atlantic City, em Nova Jersey, o release é um tipo de documento enviado por equipes de assessoria de comunicação corporativa à imprensa. Sua finalidade principal é divulgar uma determinada informação para o máximo possível de veículos de mídia.

Esse recurso é costumeiramente usado por empresas e personalidades para anunciar um novo produto, serviço, patrocínio, evento e contratação, ou até mesmo para emitir comunicados oficiais. Para uma marca ou pessoa, quanto maior o alcance dessas notícias, mais credibilidade é gerada. Por isso, a necessidade de trabalhar minuciosamente o conteúdo de um release é extremamente importante. 

Quais são os tipos de release?

Como citado, os objetivos de um release podem variar de acordo com a necessidade. De lançamentos a gerenciamentos de crise, cada situação exige um modelo específico. 

Padrão 

Direto e sucinto, é o tipo de release mais comum. Nele, o redator deve discriminar todas as informações detalhadas sobre aquele determinado assunto, a fim de sanar todas as dúvidas que possam surgir entre os jornalistas e leitores que recebem esse conteúdo. O release padrão pode ser utilizado para o lançamento de produtos, eventos, parcerias ou qualquer outra novidade. 

Editorial 

Modelo mais utilizado para gerir crises, o release editorial dá voz à empresa (em primeira pessoa) e geralmente é assinado pelo presidente ou algum diretor. Seu conteúdo tem como características principais a emissão de opiniões, análises, explicações, justificativas e críticas. De forma geral, todas as informações presentes nesse conteúdo podem ser utilizadas como fonte oficial para publicações.

Convite

Outra finalidade bem interessante dos releases é a sua utilização como modelo de convite para festas, eventos esportivos, entrevistas coletivas, lançamentos e qualquer outra ocasião, cujo objetivo seja reunir a imprensa para cobrir e gerar conteúdo nos múltiplos canais de comunicação.

Dirigido

Enviado em caráter de exclusividade, esse modelo de notícia exige a personalização da mensagem. É utilizado quando a informação é encaminhada especialmente para um determinado veículo de comunicação, editoria ou jornalista.

Estrutura de release

Após definir o objetivo da divulgação e qual é o melhor modelo de release, o redator deve pensar no texto, seguindo uma estrutura básica para que o conteúdo esteja dentro dos padrões e chame a atenção dos seus receptores.

Título

Assim como em qualquer site, jornal ou revista, o título ou manchete é o maior chamariz de um texto. Quanto mais atrativo, mais atenção ele retém dos leitores. No entanto, deve-se prezar pela qualidade e formatos jornalísticos, evitando-se pontuações gráficas, caixa alta (exceto para siglas) e a utilização de letras maiúsculas para substantivos que não sejam próprios.

Linha fina

Trata-se de um texto curto complementar à chamada, como uma espécie de resumo do assunto central, não podendo, em hipótese alguma, repetir as informações relatadas no título. Muitas vezes inseridos nesse espaço, datas, endereços e horários devem somente ser colocados num box de serviço ao final do release.

Introdução ou primeiro parágrafo 

Baseando-se no conceito da pirâmide invertida, o primeiro parágrafo de um release é o resumo de toda a notícia. Em outras palavras, é no início do texto que o redator deve apresentar as principais informações do assunto central, indicando elementos que respondam às questões básicas de um lide (lead, em inglês): “Quem?, Quando?, Onde?, Como? e Por quê?”.

Desenvolvimento e argumentação

Após apresentar os fatos principais, pessoas, tempo, espaço, meios e motivos, o redator deve desenvolver o restante do conteúdo a partir de argumentos relevantes que expliquem, comprovem e deem sentido ao acontecimento. Isso pode ser feito por meio de informações secundárias, pesquisas, citações, dados e entrevistas, a fim de evitar que o texto tenha um tom opinativo ou parcial.

Conclusão

Assim como qualquer tipo de texto, um release deve concluir uma linha de raciocínio, dando sentido às hipóteses levantadas e fatos apresentados.

Agora que você já sabe o que é e como montar um texto de sucesso, que tal produzir e publicar release no Universo de Negócios? Somos um portal de divulgação de notícias sobre o ramo empresarial em vários segmentos. Envie o material para análise da nossa equipe e veicule seu conteúdo no Brasil todo!

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!