Dados relevantes sobre o panorama das agências digitais no Brasil

Nos primórdios da internet, a comunicação acontecia de maneira unilateral, com pequena possibilidade de interação entre as empresas e os potenciais consumidores.

Com a evolução da conectividade, por volta dos anos 2000, o marketing digital começou a se desenvolver, aumentando o volume de usuários.

Isso fez com que as marcas apostassem em alguma estratégia de marketing, para impulsionar as suas vendas. Investir em um divulgador de notícias foi uma das saídas.

O marketing digital ainda está em constante evolução, mas sempre interessado na produção de conteúdos de qualidade e personalizados.

Pesquisa sobre o panorama das agências digitais

A mLabs, a Resultados Digitais e a Rock Content desenvolveram o relatório – “Panorama das Agências Digitais” –, com o objetivo de informar a respeito do universo das agências de marketing e publicidade brasileiras. 

O material é desenvolvido juntamente a outras pesquisas, contando com gráficos, estatísticas e insights importantes sobre o segmento. 

O Panorama das Agências Digitais preza o auxílio e a evolução da compressão sobre os desafios centrais do mercado, além de suas oportunidades, independentemente da realidade do leitor. 

O intuito, com o material, é contribuir para o crescimento da visão de negócio e para a escolha de estratégias eficientes, que alavanquem a agência e o sistema de prestadores de serviços online. 

Qual o perfil das agências de marketing?

Os dados apresentados no Panorama das Agências Digitais são baseados nas respostas coletadas dos participantes da pesquisa digital. 

Desse grupo, 53,1% se identificaram como sócios ou CEOs do empreendimento, fazendo com que a pesquisa propiciasse uma visão majoritária sobre lideranças e tomadores de decisão. 

Dentre outros números estão: analista/produtor(a) (14,6%); outro (14,0%); diretor (7,2%); coordenador(a)/supervisor(a) (4,4%); gerente (4,1%); estagiário(a) (2,7%). 

Profissionais de Mídias Sociais representam a maior parcela da pesquisa, com 19,5%. No último ano, a maioria compunha a área de atendimento e planejamento. 

Quais as vantagens e dificuldades em oferecer serviços digitais?

Em relação às vantagens que as agências enxergam em oferecer serviços digitais, a primeira apontada foi a existência de muitas oportunidades no mercado (82,3%).

Na sequência, assim como em 2021, as facilidades de mensuração, com 39,1%, e a entrega de resultados aos clientes, 30,7%. 

Já em relação às dificuldades, 62,5% dos respondentes apontam problemas em demonstrar valor nos resultados; na segunda posição, saber como vender e colocar preço nos serviços (47,3%) e, por fim, a estruturação de operação e organização de processos (42%). 

Quais as principais práticas para a retenção de clientes?

Agora, no que diz respeito às práticas de retenção de clientes, a ação mais desenvolvida são os relatórios de acompanhamento, apontado por 53,2% dos respondentes. 

Na sequência, aparece o bom alinhamento de expectativas, com 51,4%.

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!