Estudo aponta que exercícios aeróbios promovem adaptações celulares benéficas aos músculos desde a primeira sessão

Estudo inovador promovido pela USP e Stanford aponta para os benefícios em curto prazo de atividades físicas aeróbias. Pesquisadores esperam que resultados incentivem a criação de políticas públicas de fomento à atividade física, fazendo com que pessoas abandonem o sedentarismo

Estudo conjunto entre o Laboratório de Fisiologia Celular e Molecular do Exercício, da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP, e Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford indica que exercícios aeróbios podem promover adaptações celulares que beneficiam o corpo desde a primeira sessão. 

A prática de exercícios está relacionada a uma série de benefícios, sobretudo a adaptação de células da musculatura esquelética, que se adaptam às sobrecargas de esforço. Essa musculatura é responsável por regular funções, como a reserva energética, metabolismo, força, dentre outras. 

De acordo com Vanessa Azevedo Voltarelli, acadêmica autora da pesquisa, entender os mecanismos dos exercícios que beneficiam o corpo humano pode ser a chave para encontrar proteínas e outros componentes que ajudem na prevenção e tratamento de doenças crônicas, como a hipertensão, diabetes e obesidade. 

Resultados do estudo

O estudo revela que, durante exercícios físicos aeróbios – ou seja, aqueles que se utilizam do oxigênio para geração de energia muscular –, o organismo aumenta a sua atividade nervosa simpática, estimulando a produção de hormônios, como a adrenalina e a noradrenalina. 

Entre os mais populares exercícios aeróbicos destacam-se a caminhada, a corrida, a natação, o ciclismo e a dança. Pesquisadores envolvidos no projeto explicam que resultados são inovadores porque mostram o impacto positivo de exercícios mesmo em curto prazo. Eles também destacam a importância de achados como esse, sobretudo, durante períodos em que pessoas diminuíram a frequência com que praticam atividades físicas. 

Ainda segundo a autora do estudo, os resultados podem servir como um estímulo às atividades físicas, já que dados mostram que os efeitos benéficos podem começar desde o primeiro dia da prática. 

Exercício e suplementação: como escolher o suplemento ideal?

Muitos atletas e, até mesmo, praticantes casuais de atividades físicas optam pela suplementação para complementar suas dietas e otimizar resultados. Especialistas apontam que, para escolher o suplemento ideal, indivíduos precisam ter em mente os objetivos a serem alcançados com a prática. 

Se um praticante de musculação tem a intenção de criar músculos e alcançar a hipertrofia, suplementos proteicos, como o Whey Protein, por exemplo, são uma boa opção. Enquanto isso, um atleta que deseja apenas melhorar seu condicionamento físico pode optar por suplementos que garantem mais energia e disposição para a prática da atividade física. 

Especialistas afirmam, no entanto, que toda suplementação deve ser acompanhada por profissionais especializados, sejam eles nutricionistas, endocrinologistas ou, até mesmo, preparadores físicos especializados.

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!