Jovens mulheres se abraçando em comemoração ao dia do abraço.

22 de maio dia do abraço – entenda a importância

Você sabia que existe o Dia do Abraço? Essa é uma data muito importante, pois um abraço pode ter impactos bastante positivos na saúde e na vida de uma pessoa, seja um familiar, um amigo ou até uma pessoa desconhecida.

Para entender melhor, descubra de onde surgiu o Dia do Abraço, veja quando ele é comemorado, conheça os principais benefícios que esse ato de afeto oferece e muito mais! 

O que é o Dia do Abraço e quando é comemorado?

O Dia do Abraço é comemorado em 22 de maio e não é apenas celebrado no Brasil, mas também em diversos outros países espalhados pelo mundo.

Nessa data, é comum ver movimentos acontecendo para incentivar o abraço entre as pessoas, mesmo entre desconhecidos. Afinal, o abraço é um ato de afeto e carinho, o que pode ser feito respeitosamente até mesmo entre indivíduos que nunca se viram antes.

É o que acontece, por exemplo, em movimentos de abraços gratuitos. Em várias cidades do Brasil e do mundo, pessoas seguram cartazes nos centros urbanos com frases como: “abraços gratuitos aqui”.

Em um primeiro momento, quem passa pelo local pode sentir uma estranheza, mas logo as primeiras pessoas param para abraçar e o movimento ganha força.

Qual é a origem do Dia do Abraço?

O Dia do Abraço surgiu justamente de um movimento de abraços gratuitos como o mencionado acima. Em 2004, o australiano Juan Mann teve a iniciativa de distribuir abraços gratuitos na cidade de Sydney, na Austrália. O objetivo da iniciativa era conectar as pessoas que moravam na cidade.

A partir desse dia, o movimento chamou a atenção do mundo todo e o Dia do Abraço passou a integrar o calendário de comemorações de inúmeros países – inclusive do Brasil.

Quais são os benefícios de um abraço para a sua saúde?

Depois de entender um pouco melhor sobre como surgiu e o que é o Dia do Abraço, pode surgir a seguinte pergunta: mas por que o abraço é tão importante a ponto de ter um dia dedicado só para ele?

Um abraço pode oferecer muitos benefícios à saúde. O que aparentemente é apenas um ato de envolver os braços ao redor dos ombros de alguém, na verdade, é muito mais do que isso. Confira os benefícios:

Benefícios cardíacos

Com um simples abraço, os batimentos cardíacos de uma pessoa e sua pressão arterial podem ser reduzidos, diminuindo as chances de doenças cardíacas. Esses benefícios acontecem porque existe uma rede de centros de pressão na pele de cada indivíduo. Essa rede tem ligação com o cérebro por meio de diversos nervos que têm conexão com órgãos do corpo, como o coração.

Benefícios imunológicos

O abraço também pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico do organismo de uma pessoa. Isso porque, no abraço, o esterno é levemente pressionado, o que resulta em uma descarga emocional que faz com que o chakra do plexo solar seja ativado.

Como resultado, uma glândula chamada timo é estimulada, e ela é a responsável por equilibrar e regular os glóbulos brancos que são produzidos no organismo, o que ajuda a manter a imunidade em níveis altos.

Benefícios relacionados ao estresse

O abraço também tem o poder de reduzir os índices de cortisol, que é uma substância conhecida como o hormônio do estresse. Nesse sentido, registrar grandes quantidades de cortisol no organismo é algo prejudicial à saúde. Sendo assim, diminuir a produção desse hormônio é muito benéfico para reduzir o estresse.

Benefícios para a felicidade

Por meio de abraços, as pessoas podem ser mais felizes e ter ajuda para diminuir o isolamento, a solidão e outros sentimentos negativos, como a raiva. Isso porque, com o abraço, o organismo libera o hormônio da felicidade e do amor, que é a oxitocina.

Nesse sentido, o sistema nervoso processa o abraço como uma recompensa, o que aumenta a sensação de alegria e felicidade da pessoa que está abraçando e da que está sendo abraçada.

Além disso, com um simples abraço outros hormônios também são liberados pelo corpo, como a serotonina, que é responsável pelo bem-estar e bom humor, e a dopamina, que é responsável por sensações prazerosas.

Assim, movimentos como o abraço gratuito e toda a atmosfera criada pelo Dia do Abraço podem ser essenciais para muitas pessoas que estão enfrentando momentos difíceis, seja uma doença como a depressão ou qualquer outra situação negativa que pode ser aliviada com afeto, carinho e atenção.

Quais são os tipos de abraços?

Que o abraço faz muito bem à saúde você já sabe, mas e quais são os tipos de abraços que existem? Confira alguns dos principais:

  • Abraço de urso: é aquele que é dado bem apertado e que até ergue a pessoa do chão;
  • Abraço virtual: sem contato físico, mas que pode transmitir muito afeto por meios digitais;
  • Abraço sanduíche: é aquele em que uma pessoa fica no meio e recebe o abraço de outras duas pessoas ao mesmo tempo;
  • Abraço clássico: é o mais tradicional e conhecido de todos;
  • Abraço lateral: é aquele em que as pessoas ficam lado a lado e se abraçam.

Algumas curiosidades sobre os abraços

Para finalizar esse conteúdo, nada melhor do que conhecer algumas curiosidades sobre o abraço para descobrir como esse gesto pode ser diferente de acordo com o país e com a região em que você está.

  • No Brasil, as pessoas abraçam cerca de 3 vezes mais do que em outros países do mundo;
  • Países latino-americanos são os que mais têm a cultura do abraço;
  • De acordo com pesquisas feitas na Áustria, uma pessoa precisa de ao menos 8 abraços por dia para se sentir melhor física e emocionalmente;
  • Existe uma terapia focada em abraços: a abraçoterapia;
  • Por questões religiosas, muitos norte-americanos não têm a cultura do abraço.

E você, costuma abraçar e receber abraços? Depois de conhecer os benefícios que esse ato de afeto pode oferecer, aproveite o Dia do Abraço e todos os outros dias para tornar melhor o cotidiano de alguém. Aproveite e compartilhe esse conteúdo com aquela pessoa que você gostaria de abraçar hoje!

Navegue pelo Universo de Negócios para publicar release e conhecer os nossos serviços.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

COMPARTILHAR