Quais são as principais multas de trânsito no Brasil?

Saiba quais são as principais multas de trânsito cometidas no Brasil e por que elas são consideradas infrações de trânsito.

Muitas pessoas gostam de dirigir, e realmente é uma coisa prazerosa de se fazer, contudo, infelizmente, não são todas as pessoas possuem paciência para seguir as regras de trânsito, as quais são fiscalizadas pelo Departamento Estadual de Trânsito. 

Mesmo que as leis de trânsito tenham sido criadas para a segurança de todos, incluindo motoristas, motociclistas e pedestres, o número de infrações cometidas continua aumentando. Isso leva a um aumento consecutivo do número de multas.

Leia também: COMEÇAR A ULTRAPASSAGEM NA FAIXA PONTILHADA E TERMINAR NA FAIXA CONTÍNUA DÁ MULTA?

Confira as principais multas de trânsito cometidas no Brasil 

As multas são classificadas como leves, médias, graves e gravíssimas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Elas geram multa, respectivamente, de 3 pontos, 4 pontos, 5 pontos e 7 pontos na carteira. 

Confira as principais multas: 

  • Uso do celular ao volante 

Se tornou muito comum ver motoristas no celular enquanto dirigem, seja em uma ligação ou teclando mensagens. Infelizmente, pouquíssimas pessoas usam o aplicativo handsfree e só deixam de usar o celular quando passam por alguma guarda policial. Usar o celular enquanto dirige é uma das infrações mais cometidas, sendo classificada como média. 

  • Velocidade mais alta do que o permitido 

O Detran levantou dados que informam que mais de 35% das multas aplicadas no Trânsito decorrem do excesso de velocidade por parte dos motoristas. Só no estado de São Paulo, em 2017, foram mais de 425 mil motoristas com a CNH suspensa. Motoristas que ultrapassam em 20% a velocidade máxima estabelecida cometem infração média, caso ultrapassem mais de 20%, a infração passa a ser gravíssima. 

  • Ultrapassar o sinal vermelho 

Uma parcela considerável de motoristas costuma se aproximar de um semáforo em alta velocidade, mesmo quando o sinal fica amarelo, acelerando ainda mais para passar antes que fique vermelho. Contudo, a maioria acaba passando quando ele já está vermelho. Quando isso acontece, o motorista está infringindo uma lei de trânsito de natureza grave. 

  • Estacionar o veículo em local não permitido 

A maioria dos motoristas que estacionam seus veículos em local proibido alega que a ação será rápida e que voltará logo para tirar o veículo do local. Entretanto, quando a indicação é de proibido estacionar, o veículo não pode ficar parado ali por tempo algum. Outro caso é quando o motorista para o veículo sobre a faixa de pedestres. Nessa situação, a multa é de natureza gravíssima. 

cinto-de-seguranca

  • Não utilizar o cinto de segurança 

A multa é de natureza grave, e é aplicável para todos os passageiros do carro, não só para o motorista. O valor dessa multa é multiplicado pelo número de pessoas que estavam sem o cinto de segurança no carro. 

  • Transitar pela faixa exclusiva de ônibus 

Normalmente, os motoristas estão sempre com muita pressa e, para economizar tempo, acabam optando por usar a faixa exclusiva de ônibus. Eles se esquecem, no entanto, de que essa ação é uma infração grave e, dependendo do caso, pode ser classificada como gravíssima.  

  • Transitar usando o acostamento

Usar o acostamento como via é proibido, sendo uma infração gravíssima de acordo com o Código de Trânsito.  Caso essa multa seja aplicada mais de uma vez, o seu valor é duplicado. De acordo com dados do Detran, essa infração é responsável por cerca de 10% do total de infrações no Brasil. 

  • Fazer ultrapassagens usando a contramão 

Durantes as viagens, essa multa é campeã de recorrência, pois é bem comum ver motoristas realizando ultrapassagens pela contramão, mesmo em lugares onde há linha dupla contínua. Quando a rodovia apresenta essa linha, significa que existe pouca visibilidade no trecho, o que serve de alerta aos motoristas. Contudo, ainda sim muitos motoristas acreditam que conseguem fazer a ultrapassagem e, quando não há também graves consequências, como acidentes, a multa aplicada é de 7 pontos, sendo uma infração gravíssima. 

  • Não dar preferência para os pedestres 

Essa infração é considerada algo banal para muitos motoristas, e está entre a multa mais ocorrida no país. Quando o motorista não dá preferência para os pedestres, ele comete infração grave. 

  • Transitar com o veículo que está com o licenciamento vencido 

Quando o motorista é pego transitando com o veículo que está com o licenciamento vencido, além de receber uma multa de valor alto, terá 7 pontos em sua carteira pela infração de natureza gravíssima e terá seu veículo apreendido. Isso tudo gera bastante desconforto e trabalho. A melhor solução é transitar com todos os documentos em ordem. 

O valor das multas 

Como já descrito anteriormente, as infrações de trânsito possuem quatro tipos de classificação, sendo elas: infração leve, infração média, infração grave e infração gravíssima. Os valores das multas variam e dependem do tipo de infração cometida pelo motorista. Confira:

  • Infração leve: R$88,38 
  • Infração média: R$130,16
  • Infração grave: R$195,23
  • Infração gravíssima: R$293,47

Os valores acima foram atualizados em 18 de abril de 2019. 

Faça a publicação dos seus conteúdos por meio de um divulgador de notícias  

O Universo de Negócios é um divulgador de notícias que busca publicar vários tipos de conteúdo, desde os mais técnicos até os que contribuem para a rotina de seus leitores. Os assuntos são diversificados, mas todos com sua devida relevância para o seu público. Elabore releases e conte com um divulgador de notícias para realizar a publicação.  

Navegue pelo site e obtenha os mais diversos conteúdos, incluindo publicações sobre multa de trânsito, de forma atualizada e com o objetivo de enriquecer o conhecimento.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *