Ticket médio de itens para bebês cresceu 27% em compras online no começo de janeiro

A economia do país deverá apresentar retomada em 2019. O ticket médio de janeiro, por exemplo, apresentou crescimento significativo em alguns segmentos, como 30% em joias e presentes e 27% em itens para bebês.  Além disso, de acordo com informações reveladas pelo Relatório Trimestral da Inflação, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro deverá apresentar crescimento de 2,4% para o próximo ano. O PIB relaciona o valor de todos os bens e serviços efetuados dentro do país e é um índice que visa mensurar a evolução da economia.

No geral, o setor de comércio e serviços deverá evoluir 2,1%, de acordo com as estimativas. O consumo dos brasileiros deve se manter positivo em 2,5% e os investimentos terão alta de 4,4% durante o ano. Não foram divulgados dados correspondentes especificamente a cada segmento industrial, porém os últimos números do setor moveleiro (divulgados por entidades do setor) estão otimistas e apontam para um cenário positivo em 2019.

Setor moveleiro segue otimista

No ano de 2018, o segmento de bens duráveis brasileiro, que representa a indústria moveleira, enfrentou momentos de instabilidade, sendo que os mais delicados se concentraram no período de abril e maio, quando houve a paralisação dos caminhoneiros.

Ainda assim, o cenário se manteve positivo. Durante o primeiro semestre de 2018, de forma geral, o setor moveleiro teve crescimento de 5,5% em relação ao mesmo período do ano de 2017. As informações foram reveladas na Pesquisa Mensal da Indústria, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A pesquisa mais recente feita pelo IBGE, em outubro do ano passado, revelou também a alta do setor de bens duráveis, de 4,4%, sendo que o ramo de móveis cresceu 0,9% especificamente.

Exportação de móveis

Ainda sobre a onda de positividade, outro índice otimista do setor diz respeito às exportações. De acordo com informações fornecidas pela Abimóvel (Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário), o aumento nas vendas para fora do país, em novembro de 2018, foi de 20,5% em comparação à mesma data de 2017. Na soma total de 2018, o aumento foi de 16,5%. O estudo ainda indicou que o principal segmento da indústria a tirar proveito foi o de móveis de madeira, sendo responsável por aproximadamente 84,5% das vendas para exportação em novembro do mesmo ano.

Móveis infantis e móveis para o quarto do bebê se destacam

O segmento de móveis para o quarto do bebê (e infantis, no geral) costuma apresentar um design clássico, atrelado a muito investimento em suas especificidades. Isso porque, por trás de sua aparência tradicional, os produtos destinados a esse público contam com características únicas, de grande valor agregado, resultantes de pesquisas para possibilitar conforto, funcionalidade e segurança.

Os fabricantes e fornecedores dos móveis para bebês e crianças investem muito em todas as variáveis dos produtos, com tecnologia, design e qualidade, de forma a cumprir todas as normas de segurança e ainda superar as necessidades dos pais e dos pequenos. Nesse sentido, o lojista de móveis infantis está se tornando uma referência em móveis especiais, destinados a um público específico.

Nesse quesito, uma alternativa confiável de móveis para o quarto do bebê é a linha de móveis multifuncionais da TulipaBaby. Seu diferencial é garantir segurança, praticidade e inovação para os pais que precisam otimizar o espaço do cômodo.

O Kit Anti-tombamento, também desenvolvido exclusivamente pela TulipaBaby, foi projetado em vista dos perigos que cômodas e armários podem representar ao público infantil. O Kit é composto por um manual de instruções, kit de ferragem anti-tombamento e adesivo informativo.

Navegue pelo site para conhecer a TulipaBaby e sua linha de móveis para o quarto do bebê.

 

Deixe um comentário