Pesquisa mostra que mercado de carros seminovos teve alta de 9,1% em outubro

Após grandes quedas nas vendas entre abril e maio, setor apresenta recuperação pelo quinto mês consecutivo

O mercado automotivo vem mostrando reações após período de baixa nos negócios durante a pandemia de Covid-19, como mostra o relatório de outubro da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto). Segundo o levantamento, o setor de carros usados e seminovos teve alta de 9,1% nas vendas em relação ao mesmo período de 2019.

Em números de transações, foram comercializados, no décimo mês deste ano, 1,47 milhão de veículos contra 1,34 milhão do ano passado. Os resultados também indicam um salto de 5% em comparação ao mês de setembro, quando foram revendidas cerca de 1,4 milhão de unidades.

Desse total vendido em outubro, 929,4 mil foram carros de passeio e 160,3 mil comerciais leves. Foram também 39 mil caminhões negociados e 320 mil motos. Em comparação com o mesmo mês de 2019, todos os segmentos apresentaram melhora nas vendas: automóveis cresceram 6,3%, comerciais leves deram salto de 11,3%, veículos pesados, 13,3%, e motocicletas, 16,5%.

Entre os carros mais procurados no período, o destaque ficou com os seminovos com até 3 anos de uso, representando um crescimento de 7,8%. Completam a lista os usados jovens (de 4 a 8 anos de rodagem), com 5,2% de aumento, os usados maduros (entre 9 e 12 anos), com salto de 4,3%, e os considerados velhinhos (acima de 13 anos de uso), que tiveram 3,9% mais buscas em outubro.

Vendas mais rápidas

A evolução do segmento de veículos usados e seminovos também aparece em um outro estudo de novembro de 2020 – desta vez, da consultoria MegaDealer. Segundo a pesquisa, as concessionárias levaram em média 32 dias entre a captação e venda do veículo no décimo mês do ano. No auge da pandemia, os carros chegavam a ficar parados por até 69 dias.

As vantagens de comprar carro usado

Ao contrário do que muita gente pensa, adquirir um veículo usado ou seminovo pode ser muito mais interessante do que um carro zero. Do preço de compra aos menores custos com manutenção e seguro, optar por um automóvel já rodado tem os seguintes benefícios:

Preço

Esse é um dos fatores principais que tornam o veículo usado mais atrativo. Assim que sai da concessionária, todo carro novo sofre uma desvalorização de 10 a 20%. Dessa forma, o valor de um seminovo, ainda bem-conservado, acaba saindo mais em conta do que um automóvel zero.

Acessórios completos

Muitas vezes, um carro seminovo apresenta uma configuração de acessórios bem mais completa do que aquele que sai da concessionária. Embora isso seja levado em conta no preço final de revenda, o custo de investimento para equipar o veículo seria bem maior.

Taxas, impostos e seguros

Ao adquirir um carro usado, o novo proprietário não precisa desembolsar com taxa de emplacamento, e a única preocupação será com a taxa de transferência do veículo. Quanto ao IPVA, é bem possível que já tenha sido quitado pelo antigo dono ou, ao menos, que possa ser reduzido ou renegociado. Já o seguro também sofre alterações no valor e, geralmente, fica mais em conta.

Classificados online

Com o aquecimento do mercado de carros usados e seminovos nos últimos meses, sites especializados em revenda de automóveis, caminhões e motocicletas vêm aproveitando o momento para oferecer as melhores condições para seus clientes, como o Comprecar, por exemplo, que possui carros à venda por até 30 mil reais.

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!