Pesquisa mostra que 94% das empresas investem em Marketing Digital para crescerem

Marcas entenderam que a presença on-line é fundamental para o sucesso dos negócios, porém, muitas ainda reconhecem baixa eficiência das suas estratégias

O Marketing Digital está de fato consolidado no mercado brasileiro. Dados da pesquisa “Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil” apontam que 94% das empresas investem em ações de comunicação on-line visando seu próprio crescimento. O estudo foi viabilizado pelas companhias especializadas Resultados Digitais, Mundo do Marketing, Rock Content e Vendas B2B.

Das 1.031 empresas entrevistadas, 40,5% afirmaram ter uma grande demanda digital e utilizar ferramentas como e-mails marketing, redes sociais e mídia paga, porém, sem definir critérios de qualificação entre marketing e a conversão em vendas de produtos ou serviços. Outros 29,4% possuem uma estratégia estruturada para ações de Inbound e Automação, além de um funil de vendas.

Já para 24,4% das companhias participantes do estudo, a demanda digital é resumida em conteúdos básicos para redes sociais, sem frequência de postagens, dando foco maior para o off-line. Além disso, 5,5% revelaram divulgar suas marcas apenas por meio de ações de publicidade tradicional e eventos, sem possuir sequer um site ou perfil nas mídias.

Apesar do alto número de empresas que hoje já trabalham com o Marketing Digital como ferramenta de crescimento, cerca de 95% delas reconhecem que seu plano estratégico tem pontos a melhorar. Desse total, 62% acreditam que suas ações on-line são eficientes, mas precisam ser aprimoradas, enquanto 32,5% reconhecem que as estratégias utilizadas têm trazido poucos resultados.

Redes sociais e presença on-line

Diferentemente das décadas passadas, quando o acesso à internet ainda era escasso ou inexistente e a divulgação de produtos e serviços tinha grande apelo nos jornais, revistas, rádio e televisão, é impensável, no mundo moderno, uma estratégia de marketing que não utilize recursos digitais. O próprio modelo de consumo das pessoas mudou e grande parte das operações de venda são feitas pelos meios on-line.

Nesse contexto, as redes sociais são ferramentas fundamentais para aproximar as marcas do seu público. Dados de um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indicam que cerca de 39% dos consumidores costumam consultar os perfis de lojas e empresas nas mídias antes de adquirir um produto, mesmo que a intenção do cliente seja de efetuar a compra em uma loja física.

Isso acontece devido à linguagem e interatividade menos formal nesses canais, facilitando a comunicação com o público sem que a pessoa precise sair da sua própria casa para tirar dúvidas. Um outro número importante, este divulgado pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), mostra que 77% dos usuários utilizam as redes sociais por dispositivos móveis e estão conectados com mais frequência.

Dessa forma, muitas marcas passaram a investir no digital e suas diferentes ferramentas, como a consultoria RD Station, um software on-line de automação e gerenciamento de ações de divulgação, bastante utilizado em estratégias de Inbound Marketing. O modelo é aplicado por agências especializadas em comunicação e possui algumas diferenças em relação ao marketing padrão.

“O marketing convencional é considerado um ‘Marketing Interruptivo’, no qual as mensagens são passadas em momentos em que o consumidor não está esperando (como propagandas no meio de um programa). Já no Inbound a mensagem é passada após solicitação do consumidor e em momentos específicos”, explica Stefanie Regina Forler, diretora de marketing da Agência Consultoria Digital.

Veja também: necessidades e desejos dos clientes

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!