Dados apontam que a produção de veículos cresceu 2,6% em outubro de 2021

Se comparado a outubro de 2020, a produção de automóveis teve uma redução de 24,8%, enquanto a de caminhões foi equivalente a 24,6%

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) publicou, por meio de uma carta digital que é produzida todos os meses, os resultados estatísticos sobre a situação de produção, exportação e licenciamento de autoveículos, máquinas rodoviárias e agrícolas na indústria automobilística brasileira.

Os dados informam que houve um crescimento de 2,6% na produção de veículos em outubro deste ano, enquanto o aumento do período de janeiro a outubro de 2021 foi equivalente a 16,7%, se comparado ao ano passado. 

Apesar do crescimento, a porcentagem ainda é baixa, pois, em meados de outubro, as fabricantes realizam uma programação de intensificação da fabricação dos produtos para o aumento de demanda nos finais de ano.

Em outubro de 2021, a produção de automóveis foi 24,8% mais baixa e a de caminhões, 24,6%, em comparação a outubro de 2020.

Um fator determinante para a redução desses números é a pandemia da Covid-19, que fez com que fábricas fechassem no Brasil, com que houvesse a falta de peças e, consequentemente, menor produção, afetando a oferta e demanda.

Procura por veículos usados aumenta no Brasil

Por mais que a evolução da produção de veículos tenha sido afetada, a demanda de veículos usados aumentou 63% no primeiro trimestre em relação ao final de 2020, apontou a pesquisa feita pela Webmotors com a ANFAVEA.

Esse aumento ocorreu a partir da crise instalada pela pandemia e em meio à necessidade da população. A partir dos dados disponibilizados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE) entre janeiro e maio deste ano, foram negociados cerca de 2,9 milhões de veículos usados de todas as categorias.

Sites de classificados têm uma grande evolução durante a quarentena

Com a produção de veículos reduzida e a oferta e demanda de veículos usados crescendo consideravelmente, os portais de classificados tiveram uma procura maior durante essa quarentena, principalmente com a explosão de profissionais autônomos e aplicativos de carros particulares, em que muitos motoristas começaram a pesquisar uma forma de sair da crise.

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!