Segundo pesquisa, operações é a área com que os CIOs brasileiros têm o relacionamento mais forte, com 72%

De acordo com a pesquisa realizada pela Deloitte – CIO Survey, atualmente, a principal meta dos CIOs é melhorar ou transformar as operações dos negócios. Os CIOs nacionais consideram como segundo objetivo mais importante de seu trabalho a redução dos custos operacionais e de produção. Mundialmente, os líderes de tecnologia também levam como missão impulsionar a receita e o resultado dos negócios.

Para obter essas informações, a pesquisa entrevistou cerca de 1.437 líderes do setor de tecnologia em empresas de várias regiões do mundo. Entre os profissionais entrevistados, 124 são brasileiros. A pesquisa revelou que os CIOs têm a pretensão de serem co-criadores de negócios, dos 37% atuais para 72%, além das atividades mais comuns, tais como operações e melhorias na gestão empresa.

A pesquisa identificou quais as principais habilidades destes profissionais e as evoluções pelas quais irão passar. Segundo o estudo, os CIOs poderão se tornar co-criadores de projetos e negócios, além de promover o domínio da tecnologia e desenvolver a união entre a TI e as outras áreas da empresa. O avanço principal nas habilidades futuras do CIO será o planejamento e construção de equipes eficientes que irão melhorar a estrutura organizacional.

Segundo o estudo, de todos os entrevistados, 40% deles também trabalham como líderes de estratégia digital. No Brasil, o cenário é um pouco diferente, pois somente 26% atuam nessa área. Isso pode significar que o País precisa levar em consideração o conhecimento técnico que esses profissionais possuem, até mesmo para tomada de decisão gerencial. Até então, as áreas com as quais o relacionamento dos CIOs brasileiros é mais próximo são as operações e finanças, correspondendo, respectivamente, a 72% e 66%.

Além de ter um papel relevante para tomada de decisão gerencial, suas ações em conjunto e em colaboração com as demais áreas faz toda a diferença para a empresa e seus resultados. De acordo com a pesquisa, os CIOs possuem contato direto com a diretoria da empresa em que trabalham, sendo assim, eles conseguem ajudar, de maneira assertiva, nas questões decisivas da empresa e conseguir apoio para suas ideias e ações.

Apesar da atuação dos CIOs ser importante para qualquer empresa, 70% dos entrevistados afirmam que, nos próximos 3 anos, irão consolidar um papel mais marcante no âmbito digital. A maioria dos CIOs entrevistados também revelou vontade de atuar de maneira mais participativa e ajustada com a demais áreas, pois assim a estratégia de negócios ganha força.

Outras habilidades que serão importantes para os CIOs no futuro:

– Integração dos investimentos em tecnologia;

– Modernização e ações de digitalização de finanças, de redes de suprimento digital e de serviços globais do negócio;

– Compreensão de tendências de mercado e exploração de tecnologias novas e emergentes para os negócios.

A pesquisa conclui que o papel dos CIOs está em expansão, se tornando um importante aliado quando o tema é a modelagem dos negócios.


Deixe uma resposta