Pesquisa da FGV aponta que home office deve crescer 30% após pandemia do novo coronavírus

A pandemia do novo coronavírus trouxe impactos diretos no mercado de trabalho, que precisou se adaptar às mudanças para seguir com o fluxo de tarefas. O home office surgiu como uma solução pontual, mas que, de acordo com estudo feito pelo MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), poderá saltar 30% após o término da quarentena.

Para lidar com o atual cenário do mercado de trabalho, os líderes de empresas passaram a estudar, testar e compreender que o ativo humano está mais presente na tecnologia do que nunca.

Ensino a distância (EAD) e e-commerce são exemplos da força dos setores digitais

Os responsáveis pelo estudo da FGV citam como exemplos de força dos setores digitais o Ensino a Distância e as vendas via E-commerce, que deverão crescer 100% e 30% cada após o término da pandemia. O home office em si deverá se espalhar por vários segmentos.

Adotado como solução emergencial, o trabalho remoto subsequente ao início da pandemia foi abrupto, configurando a principal mudança nas relações de trabalho neste ano. Em decorrência, a cultura corporativa (suas estruturas e organização) certamente passará por mudanças. Para os estudiosos da FGV, a modalidade será adotada definitivamente por boa parte das empresas.

Como fazer home office: empresas deverão repensar processos ao adotar trabalho remoto

Para que as empresas adotem o home office em definitivo e para que seja um sistema que traga bons resultados, é preciso repensar processos internos, organizar reuniões regulares de alinhamento e delegar funções para otimizar as relações internas.

A produtividade é uma das principais preocupações dos gestores quando o assunto é trabalho remoto. No entanto, é sabido que esse modelo de trabalho pode promover crescimento que varia entre 15% e 30% na produtividade do colaborador, se implantado de forma correta.

Além de ser efetivo, o trabalho remoto diminui o volume de carros da rua, desafoga o transporte público e cria outras formas de mobilizar a economia. Ou seja, além de ser, ambientalmente, mais  sustentável, possibilita que as pessoas tenham mais tempo para cuidar da saúde e investir em coisas que lhe trazem felicidade. Isso tudo corrobora em um aumento da produção e do faturamento da empresa.

Home office vem crescendo substancialmente desde 2017

De acordo com dados da consultoria Hays, o total de colaboradores desempenhando funções em home office vem crescendo de forma significativa há alguns anos, sendo que, entre 2017 e 2018, o número subiu 51%. Isso mostra o quanto as empresas estão dando preferência a práticas que estimulem a autonomia dos funcionários, e não mais regimes conservadores e limitados ao ambiente do escritório.

Auxiliar de clipping pode realizar recortes jornalísticos no Universo de Negócios

O Universo de Negócios é um site que publica e divulga releases, servindo de fonte de informações para auxiliar de clipping, profissional responsável por selecionar as principais notícias.

As notícias veiculadas pelo Universo de Negócios influenciam na formação da opinião pública, divulgam serviços, produtos e ajudam na conscientização da população acerca de problemas que impactam a sociedade como um todo.

Graças ao trabalho de jornalistas, redatores e pessoas engajadas com o meio, o divulgador de notícias Universo de Negócios consegue impulsionar materiais de relevância para diversos setores corporativos.

Ao navegar pelo site, é possível conhecer mais sobre o Universo de Negócios e conferir como publicar releases em divulgador de notícias.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta