Trabalho remoto cresce durante a quarentena e abre espaço para o empreendedorismo digital

O Brasil vive, neste primeiro semestre de 2020, um período nunca antes visto na história do País. Pessoas de todas as idades estão em isolamento como forma de evitar a proliferação da COVID-19. Com isso, surge a pergunta: como ganhar dinheiro dentro de casa?

Neste ponto, entra o Empreendedorismo Digital, que vem crescendo em um ritmo acelerado devido à necessidade de obter renda extra em meio a esta crise.

“Empreendedorismo Digital não é diferente do Offline. O que mudam são alguns detalhes, obviamente, mas o intuito é o mesmo: agradar clientes e chegar ao lucro”, afirma Victor Palandi, empresário do ramo digital há 6 anos.

No mundo online, um livro torna-se um eBook; um treinamento torna-se um curso online; e as consultorias são feitas por Skype ou Hangouts, em vez de presencialmente.

Parece mais fácil, mas não é. “O empreendedorismo digital traz uma série de vantagens, como a facilidade de estar em contato com pessoas de todo o Mundo. Porém, existem alguns obstáculos e desafios para quem não está acostumado”, ressalta o especialista.

Palandi apontou as seguintes barreiras:

– Dificuldade em estabelecer confiança: “afinal, você não está frente a frente com a pessoa. Não sabe onde mora, nem nada. Tem que confiar no que vê pela tela do computador”.

– Muita concorrência: “no mundo off-line, também temos concorrência, mas esta costuma ser local. Pela internet, você compete com grandes empresas, como B2W (Submarino, Shoptime e Americanas), além de negócios pequenos de nichos específicos.”

– Alto custo: “pode parecer contraditório, mas empreender pela internet exige alto investimento. Programador, designer, redator, especialista em tráfego e por aí vai. Todos esses profissionais são bem pagos, o que aumenta o custo da empresa”.

– Tempo para crescimento: “se uma padaria abre em uma esquina e faz uma promoção, as pessoas da região vão ver e adentrar. Agora, no digital, é mais complicado conseguir a atenção das pessoas.”.

Resumindo, para Victor Palandi, “negócios digitais são tão difíceis quanto negócios físicos, e quem entrar no mundo digital agora, querendo dinheiro rápido, vai se frustrar e perder muito dinheiro”.

A solução, portanto, é estudar bastante e tomar atitudes conscientes, não se deixando ser levado pelas promessas de dinheiro rápido. 

É possível acompanhar mais dicas de Victor Palandi por meio de seu perfil em https://instagram.com/palandivictor/.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta