Investimento de marcas em mídias sociais aumenta 50,3%

Relatório recente mostra que, apesar dos impactos negativos no mercado publicitário e econômico em 2020, causados pela pandemia de Covid-19, as empresas continuam apostando em estratégias de mídias sociais para alcançar seus clientes

De acordo com relatório recente produzido pela Socialbakers, durante o último trimestre de 2020, o investimento por parte das empresas em redes sociais a nível global cresceu significativamente. O fenômeno aconteceu contrariando as estimativas do mercado financeiro, que foi fortemente impactado pela pandemia de Covid-19. 

O estudo revela ainda que o crescimento do investimento em mídias sociais continuou acontecendo também no quarto trimestre de 2020, com um aumento de 50,3% em comparação ao mesmo período de 2019. Tal aumento aconteceu a nível global, apontando um crescimento de 92,3% na América do Norte e 39,6% na Europa Ocidental.

Além disso, também foi percebido um aumento no custo por clique (CPC). O CPC para anunciantes no Instagram e no Facebook cresceu 35,6%, começando em US$ 0,104 e terminando em US$ 0,14. Também foi observada uma expansão no alcance dos anunciantes do Facebook e na popularidade e custos de anúncios para vídeos. 

Vídeos se mostram populares

Em relação aos vídeos, especificamente, os valores de anúncios também apresentaram alta. O Facebook Live, por exemplo, foi o formato mais cativante da plataforma, apresentando 2,8x mais interações se comparado com as imagens, e 3,25x mais se comparado com conteúdo de vídeos simples. Em contrapartida, na época de férias, o Marketing ligado às estratégias com influenciadores caiu. 

Queda em anúncios #ad

Apesar do investimento em mídias sociais crescer, as estratégias de ad, ou seja, advertising, que, traduzido para o português, significa publicidade ou anúncio – isto é, produtos que são patrocinados nas redes sociais – caíram. O uso da hashtag “#ad” apresentou uma queda de 17,6% a nível global em relação a 2019. 

Mídias sociais continuam em ascensão

O relatório comprova uma tendência que vinha sendo percebida em 2020 e que apresenta grandes chances de crescimento também em 2021, com investimento crescente em Inbound Marketing, técnicas de SEO e outros.

Essa tendência afeta não só a interação e o engajamento dos clientes com as marcas, mas também com o comércio on-line, sendo comprovado, por exemplo, pela grande adesão aos conteúdos de vídeo ao vivo e pela estratégia de live shopping

Em relação às estratégias, especificamente, as tendências de mercado anunciam uma forte necessidade, por parte dos anunciantes, de investir em soluções digitais para atrair consumidores e fomentar o comércio no ambiente on-line. Assim, táticas são pensadas, como, por exemplo, investir em uma consultoria de Inbound Marketing.

Daniel Imamura, especialista em SEO e CEO da Consultoria Digital, informa que “por meio do Inbound Marketing, é possível entrar em contato direto com os potenciais clientes, além de gerar um relacionamento com eles, sanando dúvidas, solucionando problemas e gerando necessidades”. 

Contudo, pode-se perceber que as tendências de comércio e relacionamento entre marcas e clientes estão aumentando a nível global em relação às mídias sociais. O uso dessas mídias já não serve apenas para compartilhar momentos da vida pessoal dos usuários, mas se tornou uma ferramenta que possibilita a efetivação de negócios.

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!