Dados apontam que a venda de motos cresceu 5,5% em julho de 2021

A montadora japonesa Honda segue na liderança de vendas, seguida pela Yamaha

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a venda de motos obteve crescimento de 5,5% em julho em comparação com o mês anterior. Em julho, foram emplacadas 112.586 unidades; e, em junho, 106.716. O fenômeno mostra que a venda de motos se mantém em níveis altos durante o ano de 2021, se apresentando como um bom cenário em relação ao mercado.

“O resultado do mês de julho só não foi melhor pela falta de produtos. Mas, notamos que a demanda permanece alta e os emplacamentos de motocicletas continuam em plena recuperação, já que elas estão consolidadas como veículos de transporte de pessoas e de cargas expressas”, disse o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr.

Entre os meses de janeiro e julho deste ano, o cenário é ainda mais positivo ante o mesmo período de 2020. No início deste ano, as vendas chegaram a um patamar de 629.937 unidades, ou seja, um crescimento de 44,67% se comparado ao ano anterior. 

De acordo com a federação, o mercado de motos é alavancado pela oferta positiva de crédito, tendo aprovação média de 4,8 propostas a cada 10 enviadas aos agentes financeiros. Todavia, igual aos automóveis, as fábricas de motos estão passando por dificuldades para conseguir peças e componentes para que a produção seja regularizada, devido à grande demanda. Componentes veiculares podem ser entendidos como baterias automotivas, por exemplo. 

Vendas podem passar 1 milhão

Ainda segundo a Fenabrave, a venda de motos pode passar 1 milhão de unidades até o mês de dezembro, alcançando a marca de 1.063.810 unidades. Caso seja confirmada, a projeção mostrará um aumento de 16,2% sobre 2020. 

Liderança de vendas

Na liderança de vendas, segue a Honda. Conforme a Fenabrave, 86.648 unidades da montadora do Japão foram vendidas no mês de julho. Três modelos estão na frente nas categorias em que estão inseridas (ranking acumulado), como a CG 160 (City); a Honda NXR 160 (Trail/Fun); e a Biz (Scooter).

Em segundo lugar, está a Yamaha, com 19.025 motocicletas vendidas, com destaque para a MT03, que lidera o ranking na categoria Naked/Roadster. A YZR R3, por sua vez, é a mais buscada entre as motos da categoria Sport. Além disso, Shineray, BMW e Kawasaki encerram as cinco primeiras colocadas das vendas no mês de julho.

Com relação ao número de motos emplacadas por categoria, os dados são: City (44.905 unidades); Custom (698 unidades); Trail/Fun (22.451 unidades); Maxtrail: (1.677 unidades); Naked/Roadster (2.478 unidades); Scooter/Cub (39.229 unidades); Sport (583 unidades); e Touring (95 unidades).

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!