ChatGPT- ilustração de um computrador com inteligência artificial

ChatGPT: entenda o que é e como funciona

O ChatGPT é um dos avanços mais recentes em inteligência artificial. Se você ainda não está familiarizado com esse termo, é importante entender como essa tecnologia funciona e quais são seus benefícios. Neste artigo, discutimos o que é o ChatGPT, como funciona, o que pode fazer, como usá-lo e como ele pode afetar o mercado de trabalho. Confira!

O que é o ChatGPT?

O ChatGPT é um chatbot, ou seja, um robô ou software capaz de simular uma conversa. Ele foi desenvolvido a partir de recursos avançados de inteligência artificial, como processamento de linguagem natural e machine learning.

O processamento de linguagem natural permite que o bot seja capaz de interpretar textos escritos por pessoas, mesmo que contenham erros de digitação, ortografia, gramática, abreviações, gírias e expressões regionais e reproduzir uma resposta adequada de acordo com os dados contidos em sua base de informações.

Já o machine learning possibilita que o ChatGPT adquira novos conhecimentos e aperfeiçoe os que já possui a partir das interações que tem com os usuários, tornando-se cada vez mais inteligente ao longo do tempo.

Como o ChatGPT funciona?

O ChatGPT funciona usando uma técnica de processamento de linguagem natural chamada “modelagem de linguagem”. Essa técnica é baseada em redes neurais profundas que são treinadas para prever a próxima palavra em uma frase com base nas palavras anteriores. O modelo é treinado em uma grande quantidade de dados para entender como as palavras são usadas em diferentes contextos.

Uma vez que o modelo é treinado, ele pode ser usado para gerar um texto novo com base no contexto e nas palavras-chave fornecidas. Isso significa que o ChatGPT pode ter conversas naturais com os usuários e entender suas intenções.

O que o ChatGPT pode fazer?

Confira quais são as tarefas que o ChatGPT está habilitado a desempenhar e saiba como utilizá-lo:

  • Responder perguntas: como o ChatGPT é capaz de interpretar a escrita humana, ele pode ser usado para sanar dúvidas sobre as mais diversas áreas do conhecimento, pois conta com um amplo banco de dados e está constantemente sendo atualizado.
  • Gerar conteúdo: o chatbot pode ser treinado para produzir artigos, textos publicitários, descrições de produtos, entre outros. Isso pode ser muito útil em empresas que possuem grande demanda por conteúdo e que desejam otimizar o processo de criação.
  • Tradução automática: o bot pode ser treinado para reconhecer padrões linguísticos em diferentes idiomas e fornecer traduções precisas e confiáveis.
  • Efetuar cálculos: esse modelo de linguagem pode ser usado para realizar operações matemáticas simples, como adição, subtração, multiplicação e divisão, bem como operações mais complexas, como álgebra e geometria.
  • Programação de softwares: essa inteligência artificial pode ser usada para codificar pequenos programas e scripts. Por exemplo: é possível escrever um programa em Python simplesmente fornecendo as instruções necessárias ao ChatGPT. O modelo pode então gerar o código-fonte correspondente.
  • Revisão de textos: com sua capacidade de processar e entender a linguagem natural, ou seja, a linguagem humana, essa tecnologia pode ser útil para revisar a gramática, a ortografia e a coesão de textos. O ChatGPT pode identificar erros comuns de ortografia, como troca de letras, uso inadequado de acentos e erros de digitação. Além disso, pode ajudar a detectar erros gramaticais, como concordância verbal, uso de pronomes e preposições e até mesmo oferecer sugestões para melhorar a coesão do texto.

Como usar o ChatGPT?

Se você ainda não teve a chance de experimentar o ChatGPT, aqui está um passo a passo para usar a ferramenta. É importante destacar que o ChatGPT já está disponível em português, o que facilita a vida dos brasileiros, e é oferecido gratuitamente. No entanto, devido ao grande volume de acessos, a plataforma pode apresentar algumas instabilidades.

Para ter acesso prioritário ao algoritmo, mesmo em momentos de congestionamento, planos pagos estão disponíveis por cerca de US$ 20,00 por mês (aproximadamente R$ 100,00 mais impostos).

Aqui está o passo a passo para usar o ChatGPT:

  • Acesse o site oficial do ChatGPT neste link.
  • Na página inicial, clique em “Try ChatGPT”.
  • Na próxima tela, clique em “Log In” para acessar a plataforma.
  • O sistema oferece três opções de login: usando uma conta do Google, uma conta da Microsoft ou criando uma conta na plataforma. Escolha a opção que preferir.
  • Na tela seguinte, digite seu nome e sobrenome e clique em “Continue”. Ao fazer isso, você concorda com os termos de uso do serviço e confirma que tem mais de 18 anos.
  • Insira seu número de telefone para verificação, incluindo o DDD e o código do país. Clique em “Send Code”. Você receberá um código de seis dígitos por mensagem de texto em seu celular.
  • Pronto! Agora é só digitar as perguntas que você deseja fazer no campo de busca, localizado no rodapé da página.

Como o ChatGPT pode afetar o mercado de trabalho?

Nos últimos tempos, muito se tem falado sobre a possibilidade de o ChatGPT substituir profissionais em diversas áreas. É claro que a inteligência artificial é uma realidade cada vez mais presente em nosso cotidiano, mas será que devemos temer a substituição de nossos trabalhos pelo ChatGPT?

A verdade é que ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, mas o que se tem percebido é que o ChatGPT não tem substituído profissionais, mas vem sendo usado por profissionais como uma ferramenta para otimizar processos de trabalho, até porque o ChatGPT apresenta limitações que atualmente o impedem de substituir completamente o trabalho humano.

No curto a médio prazo, o mais provável é que as pessoas que não aprenderem a manusear o ChatGPT tenham mais dificuldade para se colocar no mercado de trabalho e conseguir boas propostas de emprego. 

Se você gostou de saber mais sobre o ChatGPT e deseja se manter atualizado a respeito do assunto e outras tendências e novidades do mundo dos negócios, continue acompanhando o portal Universo de Negócios. Contribua você também para a disseminação de conhecimento e informação ao publicar release em nossa página, compartilhando seu know-how sobre seu segmento de atuação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

COMPARTILHAR