Vendas no e-commerce cresceram 12,5% em julho de 2019

Houve um crescimento de 12,5% no comércio eletrônico do Brasil no mês de julho, segundo dados levantados pela Mastercard Spending Pulse. Os dados mostraram que os setores farmacêuticos, de vestuário e de eletrônicos foram os que mais se destacaram durante o mês. Os dados também evidenciaram um crescimento de 1% nas vendas totais do país, tanto loja física quanto e-commerce.

A região que mostrou maior crescimento foi o Sul do país, com alta de 5%, com relação ao mesmo período no ano passado (2018). Em seguida, temos a região Sudeste, com 1,9%, e o Norte, com 1,1%. Já o Nordeste e o Centro-Oeste mostraram um regresso de 1,1% e 1,9%, respectivamente, em comparação em junho 2018.

No mês de julho, ficou evidenciado um crescimento de dois dígitos nas vendas do e-commerce, mostrando que houve uma continuidade de tendência à medida que mais consumidores compraram telefones celulares e outros dispositivos, segundo o diretor de análise avançada da Mastercard. 

Adesão do e-commerce no Brasil 

A adesão do e-commerce no Brasil está acontecendo de forma gradativa e positiva, mostrando-se uma boa alternativa para os empreendedores que desejam investir no mercado virtual. Os lojistas passaram a aderir às lojas online e a ampliar suas atuações para esse universo. Dessa forma, diversos segmentos que não eram muito explorados começaram a ganhar espaço na rede. 

Os números demonstram que o e-commerce no Brasil possui um grande potencial de crescimento, assim como de expansão, e se houver planejamento, poderá ter ainda mais oportunidades para os empreendedores digitais.

Smartphones em alta 

Os dispositivos móveis ganharam uma grande importância na crescente do varejo eletrônico, isso devido a 35% das compras, do primeiro trimestre do ano (2019), terem sido efetuadas por meio dos celulares. 

Por esse motivo, é essencial que as empresas possuam os mecanismos de venda e seus sites sejam otimizados para o formato de celular (mobile). Ter sites adaptados para dispositivos móveis é indispensável para manter o segmento.

Crescimento contínuo 

As vendas online são como um motor de engrenagem para o desenvolvimento econômico. No atual momento, o país possui em torno de 87 mil lojas que funcionam virtualmente, que geram, aproximadamente, 320 mil empregos diretos e quase meio milhão de empregos indiretos. Desse total, é importante destacar que 30% das vendas do setor são provenientes das empresas de pequeno e médio porte.

A adesão desse modelo de negócio acontece devido a suas diversas vantagens para o consumidor, o que gera mais lucros ao empreendedor. O e-commerce facilita o modo de organização, sendo algo diferente do que já era desenvolvido pelas empresas, fazendo com que o negócio tenha uma independência maior, levando não apenas a um serviço ou produto ao cliente, mas também uma experiência satisfatória. 

Invista em consultoria de SEO para o seu e-commerce 

A Consultoria Digital é uma agência de marketing digital que conta com projetos de consultoria de marketing digital para pequenas empresas e ferramentas de SEO para tornar o site mais relevante no ranking de pesquisas realizadas em páginas de buscas, como o Google. 

Navegue pelo site e entenda como alavancar o seu e-commerce com os serviços de Consultoria de SEO.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *