Vendas do e-commerce no Dia das Crianças somam R$ 3,1 bilhões

De acordo com dados da Ebit|Nielsen,o faturamento do e-commerce no Dia das Crianças 2020 ultrapassou 3 bilhões de reais. As vendas feitas pela internet, que já vinham sendo mais estimuladas em virtude da pandemia, cresceram 28% em comparação ao Dia das Crianças do último ano.

Estimativas já apontavam que 62% dos consumidores pretendiam celebrar a data

A pesquisa “Intenção de Compra Dia das Crianças 2020”, encabeçada pela Social Miner em parceria com a Opinion Box, já mostrava dados positivos em relação à data comemorativa, com 62% dos entrevistados afirmando que pretendiam celebrar o momento com os pequenos.

Antes mesmo do Dia das Crianças 2020, por volta de 40% dos entrevistados já pretendiam comprar um presente, enquanto 36% cogitavam fazer uma encomenda ou preparar uma refeição diferenciada. Como já era esperado, para 70% dos casos, o presente seria um brinquedo. A categoria Jogos apareceu em segundo lugar, com 35% da preferência, e Moda e Acessórios ficou em terceiro, com 29% das intenções de compra.

Dentro das categorias mais almejadas, 58% dos adultos confirmaram a intenção de comprar um brinquedo, 35% dariam preferência a roupas, 30% a bonecas, 23% a jogos eletrônicos, 22% a jogos de tabuleiro educativos e 20% a calçados.

Com relação às preferências de método de compra, a maior parcela dos entrevistados, aproximadamente 42%, afirmou que compraria online para receber em casa. A escolha certamente recebeu influência direta do isolamento social oriundo da pandemia.

Dia das Crianças 2020 rende mais de 6 milhões de pedidos

O estudo da Ebit|Nielsen levou em consideração todas as compras feitas entre 27 de setembro e 11 de outubro, véspera do Dia das crianças. No total, foram 6,58 milhões de pedidos, e o tíquete médio chegou a R$ 472. Mais de 3,7 milhões dos pedidos foram feitos por pessoas da região Sudeste, em segundo lugar ficou a região Sul, com 1,29 milhão e, em terceiro, a região Nordeste, responsável por 1,03 milhão de compras.

Em 2019, já havia sido observada uma alta nas vendas online, por volta de 24%, em comparação com o Dia das Crianças 2018, e foram faturados R$ 2,44 bilhões. Com as crianças em isolamento social e o estímulo à realização de compras online, era estimado um crescimento do número de pedidos.

Dispositivos móveis foram mais utilizados para compras online

De acordo com a pesquisa, os dispositivos mobiles saíram na frente, tendo sido utilizados em 52% das compras e sendo responsáveis por 50% do faturamento. Em relação ao ano anterior, o crescimento de uso dos mobiles foi de 17% e, no que diz respeito ao faturamento, o aumento foi de 51%.

O dado comprova que, de fato, o e-commerce ganhou ainda mais força em 2020, tendo em vista o crescimento expressivo. Em decorrência da pandemia, o consumidor buscou se proteger e, por isso, preferiu fazer as compras sem ter que sair de casa. O comércio já esperava por isso e se preparou com ferramentas digitais para ampliar as vendas.

No Dia das Crianças 2020, o consumidor pôde encontrar móveis para bebê pela internet

O Dia das Crianças 2020 foi marcado por crescimento acentuado de compras, e não é para menos. Hoje, o consumidor encontra ampla gama de produtos pela internet, até mesmo móveis para bebê, como o berço funcional e o berço evolutivo da TulipaBaby.

A TulipaBaby é uma loja de móveis para bebê que conta com linha completa de produtos para os pequenos e para as mamães, como o berço evolutivo, que pode ter o tamanho adaptado de acordo com o crescimento do bebê e ir até os 5 anos de idade.

Além do berço evolutivo, pela TulipaBaby, o cliente encontra diversos móveis para bebê e para compor todo o quarto infantil. Pelo site, é possível conhecer o amplo catálogo de opções.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!