Segundo estudo, o bebê dormir no quarto dos pais até os seis meses pode diminuir risco de morte súbita

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou um documento que contém orientações aos médicos e pais sobre a prevenção da síndrome da morte súbita do lactente (SMSL). Segundo a SBP, esse quadro representado de forma resumida por meio da sigla SMSL retrata o óbito do bebê ainda no primeiro ano de vida aparentemente sem nenhuma causa e, na maioria das vezes, no período do sono.

Trata-se de um acontecimento raro e sem informações brasileiras. Nos Estados Unidos, 38 em cada 100 mil bebês foram vitimados pela síndrome no ano de 2016, de acordo com dados atuais do Centro de Doenças aos Pais (CDC). De acordo com a instituição, nos últimos anos, a ciência sobre a SMSL cresceu relevantemente e o número de ocorrência atrelada ao problema é considerado acima de 70 casos.

A forma como a criança dorme é um dos principais agentes que contribui com o desenvolvimento da síndrome. Problemas na cama, como cobertas e travesseiros, podem sufocar o bebê enquanto dorme. Esse é o objetivo do documento SBP, que estima estudos de todo o mundo e as orientações da Associação Americana de Pediatria.

Recomendações importantes para garantir um sono tranquilo e seguro do seu bebê

Quando o assunto é crianças, todo cuidado é pouco, pois garantir conforto e segurança aos bebês é tudo que os pais almejam. Veja abaixo algumas orientações que a entidade recomenda:

  • Crianças de 0 a 1 ano de idade precisam dormir de barriga para cima, sem travesseiros no berço.
  • O colchão onde o bebê dorme tem que ser resistente e revestido com um lençol de elástico e sem nenhum tipo de utensílio solto.
  • Evitar usar o “segura bebês”, assim como outros itens do tipo, ressaltando que produtos neste perfil foram descartados das lojas dos Estados Unidos em 2017.
  • Até o sexto mês de vida, a criança deve dormir no quarto dos pais, mas a cama compartilhada não é indicada, devido o risco de possíveis acidentes enquanto pais e filho dormem.
  • A amamentação é de suma importância nos primeiros seis meses de vida, pois ajuda na prevenção da síndrome e também de outras doenças.
  • No período da gestação, é importante não se expor à fumaça, assim como as acomodações onde o bebê ficará. A recomendação também vale para o consumo de álcool.

A SBP enfatiza que as orientações são, em especial, para o grupo com maiores probabilidades de riscos da SMSL: bebês com três meses de vida, prematuros e filhos de pais fumantes, que consomem bebidas alcoólicas e dependentes químicos.

Importância de montar o quarto do bebê após os seis meses de vida

Após o nascimento do bebê, é natural que os pais não o deixem dormir sozinho em um quarto separado, até porque é preciso estar sempre atento aos primeiros meses de vida do recém-nascido.

Os bebês crescem, e a partir desse momento os pais começam a pensar como vão montar o quarto do mais novo integrante da família. O primeiro passo é pensar em comprar móveis que tragam conforto e segurança à criança.

A TulipaBaby é uma loja que oferece linhas de móveis multifuncionais, todos de ótima qualidade. Uma das novidades é o Kit anti-tombamento, com peças lindas, resistentes e perfeitas para o quarto do bebê.

POsts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *