Relatório mostra as principais tendências para a gestão de pessoas em 2021

Pesquisa realizada pelo GTPW mostra que líderes e gestores estão preocupados com a comunicação interna, a mudança de mindset e a flexibilização do trabalho. Construir uma mentalidade digital e criar programas para a saúde mental estão entre os principais desafios para o setor de gestão de pessoas 

De acordo com pesquisa realizada pelo Great Place to Work (GPTW), uma consultoria global focada na qualidade do ambiente de trabalho, o home office e a saúde mental serão tópicos muito fortes para a gestão de pessoas em 2021. No total, 1.724 líderes empresariais e diretores de Recursos Humanos (RH) participaram da pesquisa.

Grande parte deles (79%) afirma estar otimista quanto às oportunidades de negócio que poderão ser exploradas em 2021. Enquanto isso, mais da metade (59%) também afirma que aumentar o quadro de funcionários está nos planos para os próximos meses, incluindo a retomada de cargos que foram suspensos em 2020. 

Os desafios para a gestão de pessoas em 2020 

Home office, trabalho flexível, jornada híbrida: o ano de 2020 foi marcado por diversas mudanças na estrutura de trabalho. Esses foram os principais desafios para as lideranças em gestão de pessoas no ano passado, com 58% dos participantes relatando problemas com a flexibilização da estrutura. 

Os desafios com a comunicação interna – tanto entre as equipes quanto com o departamento de RH – também se provaram significativos para os participantes da pesquisa. No total, mais da metade deles (55%) relatou problemas ao construir uma comunicação eficiente. Criar uma mentalidade digital (35%), estabelecer programas voltados para a saúde mental (35%) e reestruturar processos tradicionais de RH (28%) foram os outros desafios mais latentes para o setor de gestão de pessoas. 

De acordo com Lina Nakata, cientista de dados responsável pelo relatório do GPTW, é notável que os departamentos de Recursos Humanos ganharam relevância no mundo corporativo, tendo em vista que reduzir o tempo de resposta a essas mudanças do mercado virou um diferencial competitivo: “É preciso flexibilizar cultura e regras a todo momento. Quem tem uma reação mais demorada acaba perdendo para a concorrência”, explica Nakata. 

Quais são as tendências de RH para 2021?

Mais da metade dos participantes (54%) relatou que a comunicação interna será um dos principais temas no setor de gestão de Recursos Humanos durante esse ano. O tema é seguido pela mudança de mindset da liderança (53%) e a flexibilização do trabalho (48%) como os principais pontos de desenvolvimento a serem desenvolvidos. 

O trabalho remoto parece ser mais do que uma tendência temporária. Em uma enquete também realizada pelo GPTW em 2020, 64% dos participantes revelaram que o modelo híbrido é o seu preferido. No total, a pesquisa contou com mil respostas e foi realizada por meio da plataforma do LinkedIn. 

A saúde mental também ganha importância, surgindo como o quinto lugar no ranking de temas mais importantes para 2021. Ao serem entrevistados, 71% dos participantes mostraram que concordam com a relevância do assunto no âmbito da gestão de pessoas, enquanto 36% afirmaram que já desenvolviam ações nesse sentido, tendo as intensificado com o início da pandemia.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!