Porto de Santos bate recorde anual de movimentação de cargas

No ano passado não houve surpresas na movimentação de cargas no Porto de Santos. Um trimestre após outro e os índices se mostraram cada vez mais animadores, confirmando a tendência dos recordes alcançados em 2017.

A começar pelo crescimento visto no fluxo de atracação. Em 2017, o Porto de Santos recebeu 4.854 navios, 2,8% a mais que no ano anterior. Resultando em um recorde também no valor comercial das mercadorias e commodities operadas, somando um total de US$ 103,3 bilhões em cargas movimentadas entre os fluxos de importação e exportação, chegando a um incremento de 12,1% em relação a 2016, e representando praticamente 30% de toda movimentação portuária nacional.

A operação de cargas no Porto de Santos atingiu quase 130 milhões de toneladas, superando em mais de 14% o volume movimentado em 2016, que já havia sido superior ao volume movimentado em 2015, os surpreendentes 120 milhões de toneladas.

No início de 2017, a estimativa anunciada para a operação anual era de 122 milhões de toneladas, e o resultado oficial divulgado pelo Porto de Santos demonstrou um índice de 6,4% maior que a mais animadora perspectiva.

A maior responsável pelo incremento de 14,9% na movimentação de cargas no Porto de Santos foi o aumento nas exportações, cuja participação foi de 72,04% de todo o movimento físico. Destes índices, a exportação de grãos representou o maior impulso na elevação dos volumes movimentados: 79,8% de milho (um total de 14 milhões de toneladas), somado a uma movimentação de mais de 20 milhões de toneladas de grão e farelo de soja, e outros 20 milhões de toneladas de açúcar. Estas commodities representaram 60,6% do total das exportações e 43,6% da movimentação de cargas operadas no Porto de Santos no último ano.

Por sua vez, as importações descarregadas pelo Porto de Santos também representaram um crescimento na ordem de 12,1% em relação a 2016. A maior movimentação foi de descargas de adubos, mais de 4 milhões de toneladas, seguida por 2,7 milhões de toneladas de óleo diesel e gasóleo, e 1,8 milhões de toneladas de enxofre, utilizado na fabricação de fertilizantes.

A operação de cargas em containers no Porto de Santos também alcançou um desempenho notável em 2017, totalizando 3,8 milhões TEU (Foot Equivalent Unit – medida padrão, equivalente a um container de 20 pés), um crescimento de 8,1% em comparação a 2016.

Força e experiência na movimentação de cargas portuárias

A Polifitema é uma empresa especializada na produção de cintas de elevação de cargas, cintas de amarração de cargas e laço de cabo de aço para a logística portuária.

Desde 1992, a Polifitema tem atendido empresas de logística e está presente na movimentação de cargas em portos com produtos de alta qualidade, garantindo a segurança e contribuindo para a redução dos índices de incidentes nas áreas de elevação e amarração de cargas, um setor muito importante para a economia nacional.

Para saber mais sobre as soluções de elevação e amarração de cargas, além da operação em portos, visite o website da Polifitema.

POsts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *