Pesquisa revela que consumidores devem continuar realizando compras online em 2021

Dados apontam um novo comportamento de consumo entre os brasileiros durante a pandemia.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa global de tecnologia Criteo, 56% dos brasileiros declararam que realizaram compras online pela primeira vez na vida durante a atual pandemia. Além disso, 94% dos entrevistados alegaram pretender continuar adquirindo produtos por meio de lojas online. 

Ainda segundo a Criteo, 67% dos brasileiros descobriram uma nova forma de consumo, a qual pretendem dar continuidade no pós-pandemia. Entre os principais comportamentos destacados, estão: comprar produtos pela Internet, pedir comida por delivery e fazer compras por meio de aplicativos. Diante desse cenário, o diretor-geral para a América Latina da Criteo afirma que “depois de 2020, as marcas não conseguirão sobreviver se não estiverem online para contato”.

Outra pesquisa corrobora os dados apresentados acima. Conforme estudo realizado pela Social Miner e pelo Opinion Box, 49% dos consumidores pretendem adquirir produtos tanto em canais online quanto offline, 52% pretendem comprar mais em e-commerces e 52% afirmam que vão comprar online e retirar o produto na loja física. 

Além disso, o levantamento aponta que 50% dos entrevistados adquiriram produtos pela primeira vez em e-commerces, 73% descobriram que comprar online é mais fácil e 59% adquiriram produtos de e-commerces cuja loja física já conheciam. 

Por meio desses dados, é possível constatar uma maior disposição por parte dos consumidores em realizar compras online. Entretanto, a pesquisa também aponta que eles possuem algumas experiências e impressões negativas sobre essa modalidade de compra, tendo em vista que 54% alegaram que as entregas atrasaram muito – o que mostra que as empresas devem investir mais em logística –, 63% desistiram da compra por conta do alto valor do frete, 27% não se sentem seguros adquirindo produtos online e 39% não concluíram a compra por não confiar na loja.

Desse modo, os dados apontam que as empresas que desejam se manter competitivas em 2021 devem investir em canais online de vendas, além dos pontos físicos, e também proporcionar uma melhor experiência de compra para o consumidor por meio do investimento em logística, preços mais acessíveis de frete, segurança de dados e estratégias para tornar a marca mais visível e conhecida entre o público, garantindo mais confiança.

Como atrair compradores para seu e-commerce

Como destacado, os consumidores estão mais propensos a realizar compras online em 2021. Sendo assim, é necessário que os proprietários de e-commerces tornem as suas plataformas digitais mais visíveis para o público-alvo. 

Uma das formas mais eficientes de obter mais tráfego atualmente são as estratégias de Search Engine Optimization (SEO). De acordo com Daniel Imamura, CEO da Consultoria Digital, “o trabalho de SEO visa posicionar uma loja virtual nas primeiras posições do Google. Quando devidamente otimizado para palavras-chave consideradas fundo de funil, ou seja, pesquisas normalmente realizadas por pessoas que já sabem o que desejam comprar, o trabalho de SEO atrai diversos potenciais compradores para a loja virtual sem ter que investir em anúncios”.

Desse modo, além de investir em plataformas digitais de vendas, é indispensável uma consultoria SEO para garantir mais visibilidade à página, atração do público consumidor, geração de leads e retenção de clientes.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!