Pesquisa mostra que 90% dos brasileiros querem um maior investimento em ciência e tecnologia

A Pesquisa Percepção Pública da Ciência & Tecnologia no Brasil, em sua 5° edição, mostrou que a maioria dos brasileiros é confiante em relação à ciência e tecnologia. Os números apontam que 73% das pessoas creem que esses setores trazem mais benefícios do que malefícios para a sociedade. Além disso, 90% da população brasileira apoia o aumento de investimentos do governo em ciência e tecnologia.

A pesquisa teve participação de 2,2 mil pessoas com idade entre 16 a 75 anos de todas regiões do país. A maioria das pessoas entrevistadas afirmou que a tecnologia e a ciência são essenciais para que haja o desenvolvimento da nação. Outros temas considerados importantes foram a medicina e saúde, com 79% de preferência, e meio ambiente, com 76%. 

Essa pesquisa já foi realizada no Brasil em 1987, 2006, 2010 e 2015. O estudo é resultado da demanda do Ministério da Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) ao Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). Além disso, contou com colaboração da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Tecnologia em Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia. 

Por volta de 60% dos jovens defendem o investimento em ciência 

Foi realizada uma pesquisa amostral no dia 24 de junho pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPCT), a qual mostrou que 60% dos jovens brasileiros são a favor de um aumento nos investimentos que o país faz em relação à ciência. Os dados também apontaram que 34% defendem manter os atuais valores, e apenas 5% acreditam que esses investimentos devem ser diminuídos. 

Os resultados foram apresentados na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. No total, foram 2.206 pessoas entrevistadas, com idades de 15 a 24 anos, de todas regiões do Brasil. A pesquisa foi realizada entre os meses de março e abril (2019) nas residências dos entrevistados. A margem de erro é de 2%. 

Na pesquisa, 69% dos jovens afirmaram que, para eles, a ciência traz muitos benefícios. Outros 27% acreditam que apenas alguns benefícios são adquiridos e, para 4%, quase nenhum benefício. A entrevista também apresentava um ponto que diz respeito às categorias que eles acreditavam apresentar mais confiança. A maioria apontou os professores (50%), outra parcela apontou os médicos (37%) e, por fim, outros se referiram a cientistas de universidades ou institutos públicos (36,7%). 

Outro dado que despertou a atenção dos pesquisadores foi que somente 5% dos jovens brasileiros recordaram-se do nome de algum cientista brasileiro. Além disso, grande parte (87%) não conseguiu citar nenhuma instituição brasileira que faz pesquisa científica. De acordo com um dos coordenadores da pesquisa e sociólogo, os dados são preocupantes, já que existe uma desordem entre a demanda, pois a maioria dos jovens manifestou interesse por ciência, mas a realidade concreta dessa propensão social é totalmente escassa. 

Faça a publicação dos seus releases, por meio de um divulgador de notícias 

O Universo de Negócios é um divulgador de notícias que busca publicar vários tipos de conteúdo, desde os mais técnicos, até os que contribuem para a rotina de seus leitores. Os assuntos são diversificados, mas todos com sua devida relevância para o seu público. Elabore releases e Guest Post e conte com um divulgador digital para realizar a publicação.

Acessando o site, é possível navegar por conteúdos que irão contribuir para o seu crescimento intelectual e mantê-lo atualizado.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *