Perfil dos consumidores pode ditar estratégias do comércio eletrônico

O Brasil detém o título de maior faturamento com e-commerce da América Latina, de acordo com o Webshoppers, realizado pela Ebit|Nielsen. Uma pesquisa realizada pela Social Miner, por outro lado, chama atenção para o fato de que 18,6% dos consumidores ainda não realizam compras online. É fundamental ficar atento quanto ao perfil desses consumidores para traçar as próximas estratégias do varejo online. 

Público mais velho tem maior resistência às lojas virtuais

É importante destacar que boa parte do público responsável pelos 18,6%, que não realizam compras online, conta com 50 anos ou mais (quase 29%). Nesse momento de ascensão do varejo online, é fundamental que se crie uma relação de confiança com o público mais velho, atendendo seus desejos e necessidades. 

De acordo com a Social Miner, 46% do público que evita compras online aponta o receio de fraudes como justificativa. Desse público, 35,63% tem 50 anos ou mais. Há também quem não confie em lojas virtuais (25,5% dos consumidores). 

O frete é outra questão para quem ainda não compra pela internet, já que 19% dos respondentes dizem desistir de uma compra quando checam o valor do frete. A pesquisa também descobriu que a região Norte é a mais insatisfeita, com cerca de 44% de consumidores que não estão dispostos a pagar pelo frete. A média percentual das demais regiões é de 16,04%. 

Perfil dos consumidores que estão começando a aderir ao e-commerce

Aproximadamente, 60% das pessoas já realizam compras online há, pelo menos, 4 anos. A outra parcela significativa, de mais de 40% de consumidores, só cedeu ao varejo virtual entre 2017 e 2019. O perfil de consumidores que passaram a comprar via e-commerce mais recentemente, de acordo com a faixa etária, foi muito bem representado pelo público jovem: 

– 27,07% tem entre 30 e 39 anos;

– 24,06% tem entre 16 e 24 anos.

Isso indica que o público jovem, que está começando a ganhar mais independência financeira agora, certamente vê o varejo virtual como uma grande oportunidade de fazer compras, de forma que os comerciantes têm muito a ganhar com essa fatia da população, até porque se trata de gerações que já estão acostumadas com a linguagem mobile. 

Boa parte dos consumidores realiza compra online mensalmente 

A pesquisa analisou a frequência de compra online do consumidor brasileiro e constatou que é consideravelmente frequente. A maioria compra, pelo menos, a cada três meses (32,28%), enquanto outros (23,3%) chegam a finalizar pedidos todos os meses. 

Outro dado muito positivo sobre o varejo online diz respeito à satisfação dos clientes: 80% dos consumidores disseram não ter enfrentado problemas durante transações comerciais pela internet em 2019. 

A pesquisa também mostrou que, quando o assunto são datas comemorativas, 84,1% dos respondentes compram presentes para si, 30% gastam com os companheiros e 26,5% presenteiam filhos ou enteados. 

Cupom de desconto é atrativo para diversos perfis de consumidores

Dentro de todo perfil de consumidor, independentemente de faixa etária ou região, o que mais se busca são oportunidades de pagar um pouco menos pelo produto desejado, e o cupom de desconto é o atrativo perfeito para lojas que querem vender mais. 

O Cupomzeiros é uma plataforma online gratuita em que lojas podem disponibilizar cupons de compra para atrair diversos públicos-alvo. Pelo site, é possível tirar todas as dúvidas e saber mais informações sobre como utilizar cupom de desconto como estratégia de comércio eletrônico.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *