movimentação de cargas tem crescimento de 62% no aeroporto de Juazeiro do Norte

Segundo dados fornecidos pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a movimentação de cargas por via aérea aumentou 62% em 2017 no Aeroporto Bezerra de Menezes, localizado em Juazeiro do Norte, no Ceará.

De acordo com o levantamento, o total movimentado foi de 1,6 toneladas de cargas no terminal do município, um número maior do que o registrado em 2016, que fechou com 994,3 quilos.

A Infraero ainda apontou que foi identificado também um número maior na movimentação de passageiros do aeroporto. Ao todo, foram mais de 540 mil desembarques e embarques no ano de 2017 contra mais de 534 mil em 2016, ou seja, um aumento de 1,34%.

Outro motivo para comemorar está no número de aviões que decolaram e pousaram do local: o avanço foi de 2,69% em comparação com o ano retrasado, indo de 8,4 mil para 8,7 mil aeronaves.

Segundo especialistas, os bons resultados revelam o potencial do Aeroporto Bezerra de Menezes, que mesmo diante de um cenário incerto na economia, apresentou estatísticas positivas por quatro anos seguidos, fortalecendo-se como uma das principais rotas do Nordeste.

Vale ressaltar que, em março, oito consórcios habilitados irão entregar ao Ministério de Transportes, Portos e Aviação (MTPA) alguns estudos de viabilidade relacionados à entrega deste aeroporto para a iniciativa privada. O modelo seguido será um já utilizado para terminais de outras cidades, como Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA).

Os estudos de viabilidade contemplam diversos assuntos, tais como questões financeiras, econômicas, e de estrutura, como o uso de produtos de segurança para os trabalhadores (cinta de amarração, cinta de elevação, entre outros).

Dessa forma, esse documento consiste numa análise profunda dos aeroportos, e serve como uma base para a construção dos editais direcionados ao programa de privatização. De acordo com informações divulgadas à imprensa, a abertura do terminal de Juazeiro do Norte acontecerá ainda no primeiro semestre deste ano.

Como um todo, os aeroportos do Nordeste têm sido vistos com bons olhos por investidores e pelo setor de aviação por conta dos atrativos do turismo da região. No caso do Aeroporto Bezerra de Menezes, ainda existe uma vantagem por conta da proximidade com o terminal do Recife, que já possui uma atividade intensa de diversas companhias.

Em Juazeiro do Norte, no momento existem voos para Campinas e Guarulhos, em São Paulo, para Petrolina e Recife, em Pernambuco, e para Brasília, no Distrito Federal. Essas operações acontecem pela Azul, Gol e Avianca, e no total são até 20 operações diárias entre pousos e decolagens.

Para garantir uma estrutura capaz de atender a toda essa demanda, o local deve contar com uma equipe devidamente preparada para agir com eficácia e segurança em qualquer tipo de situação. E, para isso, são necessários produtos como a cinta de amarração, óculos, capacetes, cinta para carga e cinta de elevação.

A Polifitema é uma empresa que conta com uma série de produtos de qualidade devidamente planejados para trabalhos em altura e em locais de risco, como o caso dos postos de pousos e decolagens de aeroportos e manutenção das aeronaves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *