Mercado de cerveja artesanal cresce em 2019 e número de cervejarias aumenta 30% no primeiro trimestre de 2020

A presença de cervejarias no Brasil registrou aumento de 30% nos últimos dois anos. Os estados de Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro são os principais responsáveis pelo crescimento. No ano de 2018, o país contava com 889 cervejarias operantes e cadastradas no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), em meados de fevereiro deste ano, já eram por volta de 1.171 estabelecimentos.

De acordo com os dados processados pela myTapp, startup responsável por desenvolver soluções tecnológicas para o mercado cervejeiro, a área segue em expansão, trazendo novos sabores, estilos e marcas. A concentração acontece, principalmente, nas regiões Sul e Sudeste, que representam 85% de toda produção.

O segmento de cerveja artesanal no Brasil começou a crescer significativamente a partir de 2010, quando o consumidor passou a enxergar nas cervejas artesanais uma forma de apreciar bebidas alcoólicas de maior qualidade, já que contam com mais sabor e combinações do que as cervejas convencionais.

Brasileiro tem dado preferência aos sabores diferenciados das cervejas artesanais

Além de o mercado cervejeiro ter crescido no país, o gosto do brasileiro parece ter mudado ao longo da última década. O número de cervejarias artesanais aumentou mais de 90% entre 2015 e 2017, somando 186 novos empreendimentos até o final de 2017, de acordo com os dados do MAPA. Nesse mesmo ano, o Brasil contava com 679 cervejarias, 80% delas com sede nas regiões Sudeste e Sul.

Pelo crescimento do setor e por se tratar de um produto que preza pelo bom gosto, a cerveja artesanal, provavelmente, entrará na disputa com o vinho pela preferência dos consumidores que desejam adquirir bebidas alcoólicas de qualidade e sabores diferenciados.

Cervejarias desenvolvem formas de se fortalecer durante a pandemia

Durante a pandemia da Covid-19, as cervejarias começaram a se movimentar, aderindo aos aplicativos de delivery, realizando entregas, instalando pontos de venda no sistema drive-thru, fornecendo cupons de desconto e incentivando os clientes mais fiéis a darem preferência aos comerciantes locais.

Outra ação que tende a se tornar permanente é a criação de e-commerces, as lojas virtuais que possibilitam ao consumidor adquirir cervejas artesanais e especiais pela internet, sem que seja necessário sair de casa.

Nesse sentido, o mercado cervejeiro passou a se reinventar para além dos sabores e aromas diferenciados, passando a considerar novas formas de logística e distribuição, visando atender aos clientes durante a pandemia. Isso porque, independentemente do isolamento social, a cerveja artesanal continua sendo uma ótima companhia para o brasileiro.

E-commerces viabilizam vendas de cerveja artesanal e especial, ajudando o setor a crescer

O crescimento do mercado cervejeiro é muito positivo. O advento da quarentena impulsionou as marcas a adotarem ações de distribuição e entrega de produtos, facilitando ainda mais o acesso do consumidor brasileiro as cervejas artesanais e especiais.

A Confraria Paulistânia, sabendo disso, surgiu como solução para quem deseja adquirir estes produtos sem ter que sair de casa.

A “loja de fábrica” online conta com todos os rótulos nacionais da cerveja Paulistânia, além de diversos outros rótulos consagrados internacionalmente. Pelo site, o cliente pode conhecer todo o catálogo de cervejas, além de ter acesso a copos exclusivos das marcas e kits para presentear.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!