Espaço publicitário de gastronomia nos programas de TV cresce 17% em 2017

Dois ingredientes em uma receita que tem agradado uma multidão cada vez maior de expectadores: reality shows e comida boa. Desde os primeiros anos da TV brasileira, programas de culinária sempre despertaram o interesse das pessoas. A combinação do gosto pela boa comida, dicas de profissionais para requintar o cardápio doméstico e a oportunidade de ver as pessoas desnudarem suas personalidades na frente das câmeras permite entender com clareza porque só na primeira metade do ano passado programas de culinária e reality shows sobre gastronomia movimentaram mais de R$ 800 milhões.

O interesse pela gastronomia vem aumentando e a TV brasileira tem, cada vez mais, aberto espaço para este tipo de programa. Uma pesquisa realizada pelo Target Group Index demonstrou que este crescente interesse popular pela gastronomia aumentou em 15% entre os homens e 2% entre as mulheres. O mesmo relatório destacou que 46% dos entrevistados declararam um fascínio pela cozinha.

Com o aumento da audiência alcançada por este gênero, o número de programas também tem aumentado. Um levantamento realizado pela Kantar IBOPE Media informou que um total de 47 programas de realities shows culinários foram transmitidos pela TV brasileira entre janeiro e julho de 2017.

Em razão do grande interesse das pessoas pela gastronomia, grandes anunciantes têm procurado mais por espaços publicitários em programas culinários e realities shows baseados nesta temática. Dados divulgados pela Kantar IBOPE Media demonstraram que no primeiro semestre de 2017 a compra de espaço publicitário em programas deste gênero representou um crescimento de 17% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A movimentação milionária deste período foi distribuída na exposição de cerca de três mil marcas. Entre as principais categorias de anunciantes estão cervejas, hipermercados, atacadistas, equipamentos para cozinha e eletrodomésticos.

O interesse de internautas pela gastronomia

Além dos espaços televisivos, os programas culinários têm alcançado outro tipo de público, os internautas. Os esforços midiáticos envolvem a produção de conteúdo em sites e blogs exclusivos dos programas, além das fanpages em cada rede social.

Enquanto programas e anunciantes lutam pela audiência dos telespectadores, a motivação destes mesmos players é o engajamento dos internautas. Uma espécie de aderência composta pela visualização e a interação dos conteúdos produzidos.

Conforme dados analisados pela Kantar Social TV Ratings, de janeiro a junho de 2017, o engajamento dos internautas através dos conteúdos midiáticos produzidos para realities shows culinários geraram mais de 300 milhões de interações. O engajamento verificado do período mostrou também um alto índice de aprovação dos internautas aos programas, aos seus participantes e às celebridades que apresentam ou arbitram as atividades dos programas.

A Cooking Store

A participação dos internautas acontece de diversas formas: desde as tradicionais curtidas (likes), replys e reposts, no Facebook e Twitter, até engajamentos mais significativos como aqueles que enviam suas próprias receitas, comentam suas experiências gastronômicas e enviam imagens de seus sucessos em mídias sociais como Pinterest ou Instagram.

A Cooking Store é uma loja dedicada ao prazer de cozinhar e está plugada em tudo que é inovador e pode tornar a culinária uma experiência de grande satisfação, além do aprendizado. Além disso, é uma empresa moderna que tem consciência do dinamismo e da interação que a vida em nossos dias exige. Por isso seu atendimento é totalmente online. Ou seja, suas prateleiras podem ser alcançadas no conforto de seu lar. Let’s cook!

POsts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *