Época de festas de São João movimenta economia pelo País

A época de São João é sempre um momento que aquece a economia dos estados brasileiros. As festas juninas atraem um maior número de turistas a cada ano que passa, podendo ser arrastada até o mês de julho em alguns estados.

O Nordeste faz questão de deixar claro a paixão pelos festejos juninos. Campina Grande (PB) teve uma movimentação de aproximadamente R$ 200 milhões, aumento de 25% em relação ao ano de 2016. Durante o período de 30 dias, o Parque do Povo, onde aconteceu o evento, teve 2,5 milhões de visitantes.

Outras regiões brasileiras 

O São João é visto como um evento que acontece em vários estados brasileiros. A Região Norte afirma que a festa é uma tradição do Brasil. Sua popularidade é nacional por conta do duelo que acontece entre os bois Caprichoso e Garantido.

Segundo Amazonastur, Parintins contou com 70 mil turistas em 2017, o que contribuiu para o aumento de cerca de 4,5 mil oportunidades de emprego, acrescentando R$ 100 milhões na receita econômica da região. Já no Pará, o Arraial dos Caetés, em Bragança, foi contemplado com mais de 50 mil visitantes no período de quatro dias, gerando 1,2 mil empregos e tendo um movimento de R$ 124,5 mil. 

Com o crescente número de turistas que vem ocorrendo a cada ano, o São João do Brasil tem capacidade de se tornar um produto turístico forte, com capacidade para atrair cada vez mais visitantes dos quatros cantos do País.

De acordo com o Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo, foi possível juntar mais de 100 eventos juninos em todos os estados brasileiros. 

De acordo com a Belotur (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte), a 39ª edição do Arraial de Belo Horizonte contou com a presença de 185 mil pessoas, o que contribuiu para o faturamento de R$ 1,68 milhão, relativos aos dias 30 de junho a 2 de julho e 8 e 9 de julho. 

O aquecer da economia local

É visto que diversas regiões comemoram o São João. Em razão disso, aumenta-se a procura por comidas típicas e outros derivados, o que torna este momento favorável para os comerciantes de pequeno, médio e grande porte.

Em diversos estados do país, o período festivo, que sempre faz parte do calendário dos brasileiros, consegue reunir amantes da boa e típica culinária brasileira, da cultura nordestina, suas músicas e tradições, além de toda a customização que é preparada para os festejos.

Dentro das inúmeras tradições e variações, é destacada sempre a presença de doces típicos, comidas e bebidas quentes, bolos variados, além de refeições mais elaboradas que demandam tempo de preparo ou alimentos rápidos para serem comercializados. O que vale, neste momento, é conseguir entregar ao consumidor um pouco do sabor brasileiro. Levando em consideração a época, os consumidores podem aproveitar para comprar diferentes comidas por meio da internet, sendo muito comum a comemoração junina entre famílias e amigos.A Fin’Arte é uma empresa que atua neste ramo e comercializa doces e bolos prontos para o consumo, além de brownie de chocolate, bolos americanos, amanteigados e fludens. A empresa conta com uma loja de brownie online, com pedidos que podem ser entregues em todo o Brasil.

PORTAL PARA DIVULGAÇÃO

Saiba como publicar releases com auxílio profissional
O Universo de Negócios é um portal para divulgação de releases e outros materiais sobre as mais diversas áreas do comércio, indústria e negócios em geral.
Para saber mais sobre esse divulgador de releases, navegue pelo site.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta