Entenda o papel do malte na coloração da cerveja

De acordo com a Lei da Pureza da Cerveja (Reinheitsgebot em alemão, sua língua original), uma cerveja precisa ser feita apenas com água, malte e lúpulo. Embora tenha sido promulgada em 1516 na Baviera, essa é uma regra que todos os amantes da bebida, ainda hoje, podem concordar. 

O malte é o segundo ingrediente de maior concentração em uma cerveja, perdendo só para a água. Por isso, seu papel é vital na produção da bebida, influenciando em muitos aspectos – entre eles, a coloração da cerveja é, certamente, o que mais se destaca.

Existem diversos tipos de malte, e cada um deles desempenha uma função na mudança da coloração, sabor e corpo da bebida. A seguir, falamos mais sobre o papel desse ingrediente tão essencial. Pegue a sua cerveja e acompanhe o texto com a gente!

O que é malte?

O termo malte se refere a um processo, e não a um item por si próprio. Todo cereal que passou pelo processo de malteação é, portanto, um malte. 

A maioria das cervejas utiliza o malte de grãos de cevada, por isso ele é o mais comum – e, quando nos referimos a malte, na maioria das vezes, estamos falando especificamente dele. 

Diferentes cereais maltados, é claro, produzem diferentes sabores de cervejas. Tal ingrediente é vital para a fermentação da bebida e a conversão de açúcares em gás carbônico e álcool. Então, desde que a cerveja tenha em sua composição o malte, sua qualidade está garantida. 

Como ocorre o processo de malteação?

O processo de malteação consiste em umedecer os grãos de cevada – ou qualquer outro cereal – e gerar a germinação, e é iniciado com a maceração dos grãos, que tem como objetivo colocar todos eles em contato com a água. 

Então, mantém-se a cevada sob condições controladas de temperatura e umidade para que se dê início ao processo de germinação em si. Essa fase modifica a estrutura do grão e possibilita a sua utilização como matéria-prima da cerveja. 

Depois de alguns dias, a secagem é o próximo passo e, então, ela é mandada às cervejarias para que seja utilizada na produção. 

Qual é a importância do malte para a cerveja?

Sendo um dos ingredientes de maior concentração, o malte tem uma influência direta no sabor e na coloração de uma cerveja. 

Se os grãos maltados passarem um pouco mais de tempo na germinação, por exemplo, pode ser que, durante o processo de secagem, o malte seja mais caramelizado. 

O processo de secagem também influencia em seu resultado final. Um grão que passou pelo processo com temperaturas mais altas pode ser mais aromáticos e produzir sabores interessantes.

Mas, sobretudo, o malte é importante para a cerveja porque serve de alimento para as leveduras, que realizam a fermentação e produzem o álcool e o gás carbônico – responsável pela característica espuma da bebida. É por isso que, quanto maior a concentração de malte, maior o teor alcoólico da cerveja. 

Qual é a importância do malte para a coloração da cerveja?

Durante o processo de malteação, as etapas de torra e secagem definem qual será a cor do malte a ser utilizado. Eles podem ficar mais claros ou mais escuros e torrados. 

Seu aspecto e sabor, portanto, varia de acordo com a temperatura de secagem e o tempo de exposição ao calor. Os maltes mais torrados produzem cervejas mais escuras, enquanto os menos torrados, as mais claras. 

Uma mesma cerveja pode ter a mistura de diferentes tipos de malte, o que também contribui para a construção de um sabor mais encorpado e uma cor mais rica. 

Quais são os principais métodos para medir a cor da cerveja?

É comum que, ao comprar uma cerveja, você se depare com um número. Ele é utilizado para designar a cor da bebida mesmo em embalagens de metal ou vidro escuro. 

Isso é importante porque muitos têm preferências por cervejas claras ou escuras, e saber o que significa cada número pode evitar uma compra equivocada. 

Existem duas escalas principais para a realização dessa medição: a americana Standard Reference Method (SRM) e a europeia European Brewing Convention (EBC). Ambas usam o espectrofotômetro como método de medição, mas cubetas diferentes. 

A SRM começa a escala no 3, que designa a cerveja mais clara, e termina na 40+, que caracteriza cervejas pretas opacas. Enquanto isso, a EBC tem a cerveja mais clara designada pelo 3,94 e a mais escura, pelo 78,80. 

Mantenha-se atualizado com o Universo de Negócios

Se você se interessa por negócios e gosta de ter as mais completas e confiáveis notícias em um só lugar, você vai gostar do portal Universo de Negócios. Aqui, você encontra notícias sobre diversos mercados, incluindo o cervejeiro. 

Além disso, empresas que desejam publicar release também podem fazê-lo utilizando nossa plataforma. Entre em contato e receba um orçamento!

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!