Empresas lançam campanhas para ajudar o empreendedor brasileiro durante a pandemia

De acordo com o ranking Global Entrepreneurship Monitor (GEM), referente aos anos de 2019 e 2020, o Brasil é um dos maiores países em números de empreendimentos. Outro levantamento de dados, da McKinsey, constatou que quase 40% da força de trabalho do País, entre 18 e 64 anos, é representada pelo empreendedorismo.

Na contramão dessa tendência, o cenário da pandemia de covid-19 causou uma crise sem precedentes no meio empreendedor, principalmente ao que concerne os pequenos negócios. Em São Paulo, por exemplo, uma pesquisa realizada pelo Sebrae coletou informações de 1.509 empresários de todo o estado, e constatou que seis entre dez estavam profundamente preocupados com as consequências do vírus, as quais podem ser desastrosas para mais de 80% dos respondentes.

Comércio é o setor mais aterrorizado pela crise de covid-19

Com relação ao segmento mais afetado pela crise do novo coronavírus, os empreendedores mais preocupados estão localizados no comércio (86,5%), seguidos pela indústria (81,9%) e pelo setor de serviços (81,5%). Além disso, as empresas de pequeno porte (EPPs) acreditam ser as que mais sentem o impacto (90,4%), estando à frente das microempresas (ME) (86,8%) e dos microempreendedores individuais (MEI) (79,1%).

Tendo em vista o cenário nada positivo, a ausência de perspectiva de melhora e a apreensão de muitos empresários, algumas empresas e instituições desenvolveram ações que visam melhorar as condições para negócios afetados, criando um ambiente otimizado para os setores mais ameaçados.

Empresas lançam campanhas para ajudar negócios a enfrentar a crise de covid-19

O Sebrae lançou duas iniciativas quando a crise começou a se intensificar; o objetivo principal era de ajudar e orientar negócios durante a crise econômica provocada pelo novo coronavírus. As campanhas “Sebrae ao seu lado” e “Compre do Pequeno” foram lançadas na Internet e nas TVs aberta e fechada. As ações pertencentes às campanhas objetivam fortalecer negócios de pequeno porte, elevando a importância que essas empresas têm no País e ajudando a preservar empreendimentos e empregos.

Plataforma de gestão financeira gratuita auxilia na manutenção dos gastos e fluxo de caixa

O Brasil enfrenta um momento que, de alguma forma, diz respeito a todas as empresas, de todos os portes e setores. Assim, algumas companhias criam iniciativas de apoio nesse cenário, visando minimizar danos causados aos negócios, ou trazer clareza sobre a real situação financeira do empreendimento. Esse é o caso da Loopa, uma plataforma de gestão financeira que ajuda a balancear os fluxos de caixa.

A plataforma de gestão financeira, Loopa, também auxilia empresas de todos os setores e portes durante a pandemia, realizando todo o acompanhamento de vendas feitas por meio de maquininhas de crédito e débito. Pela Loopa, o empresário automatiza a conciliação de todas as adquirentes, controla o fluxo de caixa e assegura maior confiabilidade e transparência sobre a situação da empresa.

A gestão financeira é gratuita e ocorre em uma plataforma segura e intuitiva, por onde o empresário acompanha todas as movimentações de caixa da empresa em um só local.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!