Empreendedores e o futuro dos negócios em meio à pandemia da Covid-19

A Covid-19 trouxe consigo uma crise gerada pelo isolamento social, que afeta quase todas as áreas da economia em geral. O cenário econômico está sendo forçado a passar por transformações em decorrência do distanciamento adotado em prol do combate ao novo coronavírus. Em vista disso, empresas devem se reinventar para superar a crise.

A internet pode ser a solução para continuar vendendo. Além disso, os comerciantes devem sempre buscar atender às demandas e necessidades do público e, principalmente, da comunidade local, já que as pessoas estão dando maior preferência a negócios mais próximos. A chave para passar pela crise é descobrir o que o consumidor precisa em tempos de coronavírus.

Varejistas podem apostar em três frentes para lidar com a crise do coronavírus

Investir em vendas online

Para quem ainda não oferece a opção de compras online, e tem essa possibilidade, é altamente recomendável investir nesse formato. Uma vez que centros comerciais e shoppings estão fechados, os consumidores encontram nos e-commerces a melhor forma de comprar determinados produtos, até mesmo itens básicos, de higiene ou alimentícios.

Negociar dívidas e despesas

Para reter mais recursos dentro da empresa, é importante negociar todo tipo de débito, desde comprar com fornecedores até contas a serem pagas. Como o problema é generalizado, muitas instituições estão oferecendo melhores condições de pagamento, como prazo maior para quitar dívidas.

Outro ponto importante, um tanto quanto óbvio, mas de muita relevância, é o controle de despesas desnecessárias. Em momentos de crise, sem previsão de normalização, é preciso cortar todo tipo de gasto supérfluo.

Realizar promoções

Descontos e promoções sempre chamam a atenção do consumidor e são ótimas oportunidades para dar vazão a produtos que estão há muito tempo no estoque. Nesse caso, é preciso se assegurar de que os serviços de entrega estão funcionando de acordo (para não ter problemas com atrasos), e é recomendável ampliar as formas de pagamento para impulsionar a jornada de compra do cliente.

Medidas governamentais para controlar a crise

O governo federal tem investido em ações para auxiliar empresários (principalmente os micro e pequenos). Em março, o Ministério da Economia decidiu permitir a isenção das contribuições de empresários ao FGTS (R$ 30 bilhões) e de parte da União do Simples Nacional (R$ 22,2 bilhões) pelo período de 3 meses. O Proger (Programa de Geração de Renda), pertencente ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), também passou a reforçar o crédito para empresas de pequeno porte em R$ 5 milhões.

Além disso, para proteger pessoas sem assistência social, que trabalham de maneira informal, e quem desistiu de procurar emprego, o governo passou a distribuir auxílios, como vouchers. A medida deverá movimentar R$ 15 bilhões dos cofres públicos e tem como principal intuito beneficiar grupos mais vulneráveis à crise econômica.

111111 auxilia empresas a lidar com a crise

O momento é de muitas imprevisibilidades, mas uma certeza: é preciso se reinventar e investir em novas ações para lidar com a crise. Entre essas iniciativas, uma plataforma de gestão financeira é de grande importância para que o empresário e gestor consiga gerenciar informações em um só lugar e, assim, simplificar o negócio.

A Loopa oferece exatamente isso: a possibilidade de controlar todos os recebíveis de cartões e o fluxo de caixa da empresa, garantindo mais transparência e confiabilidade ao empreendimento.

A Loopa oferece uma plataforma de conciliação de cartão de crédito das principais adquirencias. A empresa automaticamente analisa para o cliente se as taxas estão corretas e se os valores a serem depositados também estão exatos. 

Entre as principais funcionalidades da Loopa, é possível citar:

  • Conciliação com adquirentes: a Loopa fica responsável por analisar taxas de adquirentes, negociar valores com as operadoras e facilitar o controle financeiro do negócio;
  • Análise de fluxo bancário: pela plataforma, é possível fazer a gestão de vendas e recebíveis, visando otimizar a administração da empresa;
  • Experiência digital integrada: a plataforma funciona de maneira totalmente intuitiva, acessível e segura;
  • Monitoramento de prazos: a Loopa ajuda o empreendedor a acompanhar as entradas de caixa e ter a certeza de que as operadoras estão cumprindo com os pagamentos no prazo estipulado;
  • Inteligência comercial: pela plataforma, o empresário pode analisar as transações e descobrir qual operadora se encaixa melhor ao negócio.

Como contratar

Simples e grátis. Basta entrar no site da Loopa, se cadastrar e em até 4 dias úteis, a equipe receberá os arquivos das adquirentes e disponibilizará os dados.

Ao navegar pelo site da Loopa, é possível conhecer mais sobre a plataforma de gestão financeira.

Veja mais: CompetitividadeEducação Financeira nas escolasTomada Industrial

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!