E-commerce tem alta 29,9% no volume de compras no natal e fatura R$ 14,1 bilhões

As compras de final de ano foram tomadas pelo espírito natalino, inclusive no e-commerce nacional. De acordo com os dados da Compre&Confie, empresa especializada em comércio online, o varejo alcançou mais de R$ 14 bilhões em vendas entre 15 de novembro de 24 de dezembro, o que representa um crescimento de 29,9% em comparação a 2018. 

O número de pedidos realizados também cresceu esse ano. Foram feitas mais de 31 milhões de compras durante o período analisado, uma alta de quase 30% em relação ao mesmo período do ano passado. O tíquete médio, em contrapartida, se manteve estável, em R$ 454,09.  

De olho nas fraudes

O aumento nas vendas traz a preocupação em torno do crescimento de tentativas de fraudes. No entanto, de acordo com pesquisa realizada pela ClearSale, empresa do segmento antifraude, houve aumento de 91% na proteção de compras fraudulentas com relação a 2018, o que configura mais de R$ 292 milhões em prejuízo evitado. Os fraudadores costumam visar compras de celulares, games e bebidas.

Dados sobre as vendas do Natal 2019

  • Volume de vendas por categoria

De acordo com o relatório de compras de Natal 2019, elaborado pela Social Miner, a categoria Beleza foi a que mais vendeu dentro do período analisado, com cerca de 46% da preferência de compras. Em segundo lugar, estão os Eletrônicos e Informática, com 21,34%, e, em terceiro, a Multicategoria, com 20,49%. 

O ano de 2019 representou crescimento importante para o e-commerce, e as vendas no final do ano acompanharam essa tendência ao mostrarem resultados bem significativos, decorrentes de boas experiências de compras, maior integração com o varejo físico e uma gama de produtos variados. 

  • Vendas por gênero

As mulheres compraram mais, sendo responsáveis por 58% dos pedidos no final de 2019, enquanto os homens ficaram com 42% das conversões. Importante salientar que somente cerca de 43% dos entrevistados declararam seu gênero no momento do cadastro.

Com relação à parcela de compra de homens e mulheres dentro de cada categoria, foi observado que os segmentos de Beleza, Moda e Acessórios foram consumidos mais por mulheres, enquanto os segmentos de Eletrônicos e Informática e Bebidas, por homens. 

  • Vendas via mobile

Como já era de se esperar, os computadores foram os meios mais utilizados para realização de compras de Natal pelos consumidores, com preferência de 68,8%, enquanto os dispositivos móveis ficaram com 31,2%. 

Segundo Daniel Imamura, CEO da agência Consultoria Digital, uma grande parcela dessas vendas foi originada por meio de pesquisas realizadas pela internet. Isso mostra a necessidade que os e-commerces têm de melhorar seus sites para ficarem bem posicionados nos mecanismos de busca por meio de técnicas de SEO (otimização de sites), além de investir em marketing digital para fortalecerem as vendas online.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *