Dados apontam que vendas no mercado de viagens corporativas cresceram em janeiro

Dados do relatório BI Abracorp sugerem que o mercado de viagens corporativas domésticas está se fortalecendo desde os últimos meses de 2020. Azul destaca-se pelo seu crescimento e promete retomar o pódio no market share nacional

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), o mercado está passando por um momento de aquecimento nos últimos meses. As informações fazem parte do BI Abracorp, um relatório trimestral que tem por objetivo divulgar informações relevantes para o mercado. 

Segundo informações contidas no relatório, a Azul, companhia fundada em 2008, registrou um grande crescimento no setor de viagens corporativas (23,1% a mais nos últimos três meses), aproximando-se da Latam no que diz respeito ao market share em voos domésticos.

No mercado nacional, comparando-se números de abril de 2020 e janeiro de 2021, as viagens a negócios passaram por um crescimento de mais de 1.400%. Novembro é o mês de maior destaque. 

Entre os meses de outubro e dezembro do ano passado, a Latam cresceu 25,6% em vendas, enquanto a Gol cresceu 8,2%. Por isso, especialistas da Abracorp afirmam que a tendência é que a Azul recupere a posição que ocupava no início de 2020, ou seja, o segundo lugar geral no ranking.

No total, a Azul teve 32,6% de participação na movimentação total no segmento regional. A Gol e a Latam – as duas outras empresas que também oferecem voos em segmentos regionais – puderam observar um aumento em suas vendas durante dezembro de 2020, com um crescimento de 33,9% e 33,3%, respectivamente. 

De acordo com Carlos Prado, presidente do Conselho de Administração da Abracorp, “mesmo com ainda reduzida participação na movimentação total, é inegável o crescimento da demanda por viagens aéreas nacionais e regionais”.

Dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) mostram que a tarifa média caiu 4,5% durante o primeiro trimestre de 2020. Quando comparada ao mesmo período de 2019, a queda acumulada é de 52,5%. Enquanto isso, a ocupação média em aeronaves no setor de voos domésticos foi de 81,6% em dezembro de 2020. 

Viagens corporativas: como escolher a mala de viagem ideal?

Atualmente, existe uma extensa variedade de malas de viagem no mercado, o que pode dificultar o processo de escolha para muitos viajantes. Pessoas que vão viajar a trabalho, por exemplo, afirmam que a escolha de malas de bordo e malas médias é muito importante, já que, raramente, esses passageiros despacham suas bagagens. 

De acordo com especialistas, outro fator importante a ser considerado durante a compra de uma mala de viagem é a segurança. Contar com zíperes reforçados e sistemas de cadeados antifurtos pode ajudar a evitar inconveniências, sobretudo com malas grandes, que são despachadas. Empresas como a DELSEY, por exemplo, oferecem malas com soluções de segurança patenteadas. 

Viajantes experientes também apontam que o tamanho da mala de viagem e o seu material de confecção são quesitos importantes a serem observados durante a compra de uma mala.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!