Dados apontam que concessão de crédito de março a setembro chegou a R$ 2,2 trilhões

Números de 2020 superam os resultados do ano passado, mesmo com a pandemia de Covid-19

Segundo dados divulgados pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), as concessões de crédito de março a setembro de 2020 somaram o valor de R$ 2,2 trilhões. Esses números incluem todas as contratações, renovações e suspensão de parcelas.

Ainda de acordo com a entidade, os dados dizem respeito aos R$ 2 trilhões em operações de crédito, divulgados pelo Banco Central para o mesmo período, e aos dados consolidados pela própria Febraban, no valor de R$ 204,5 bilhões, que levam em conta apenas as transações no segmento livre de crédito para empresas até 18 de setembro.

Já em relação às pessoas físicas, o montante do oitavo mês do ano considera apenas o setor imobiliário, deixando de fora a somatória das operações de crédito rotativo.

O levantamento da federação também aponta que, entre março e setembro, o segmento bancário renegociou cerca de 15 milhões de contratos com operações em dia, que totalizam R$ 858 bilhões em dívidas, sendo que as parcelas suspensas somam um total de R$ 118,6 bilhões.

Para a instituição, esses números significam um grande alívio para empresas e consumidores, que têm, agora, de 60 a 180 dias de carência para quitar as prestações. Nesse cenário de prorrogação, a maior parte dos agentes beneficiados é composta por pequenas empresas e pessoas físicas, responsáveis por R$ 66,5 bilhões.

Alta das operações na pandemia

Quando comparados com o mesmo período do ano passado, os números de março a setembro de 2020 apontam relevante crescimento de 15,1% nas operações de crédito para pessoa jurídica. Já as concessões para PJ, no segmento livre, registraram alta de 35,9%.

Importante frisar que, segundo o Banco Central, as taxas de juros e spreads bancários (diferença entre os valores de captação e empréstimo de um banco) tiveram queda desde o início da pandemia de Covid-19, especialmente entre os meses de fevereiro e agosto deste ano.

Nesse intervalo de tempo, a taxa de juros para o conjunto das operações de crédito caiu de 23,1% para 18,7% ao ano, enquanto o spread médio declinou de 18,6% para 15%.

Score de crédito

Índice fundamental para os bancos e empresas analisarem os riscos de empréstimos e investimentos, o score de crédito serve como ferramenta assertiva de análise de crédito. Especializada no fornecimento de dados para os mais diversos segmentos, a Unitfour é uma empresa que oferece os serviços de análise, estratégias e soluções tecnológicas para melhorar resultados. 

Por meio disso, é possível localizar as informações mais corretas e confiáveis, a fim de aumentar a taxa de recuperação de crédito de clientes por meio de dois conceitos: higienização e enriquecimentos de dados.

A primeira consiste na padronização de cadastros, corrigindo erros de preenchimento. É um procedimento indicado para quem possui uma base de dados desatualizada, duplicada ou incorreta.

Já o enriquecimento de dados permite melhorar e otimizar as informações de clientes, leads e público-alvo. Trata-se de um processo automatizado, que retorna todos os dados disponíveis para uma ou mais empresas.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!