A cada 3 meses, o brasileiro gasta cerca de R$661 em compras pela internet

O estudo realizado pela Kantar IBOPE Media sobre internautas brasileiros que realizam compras pela internet indicou que o consumidor gasta R$ 661, em média, com pedidos online. A pesquisa foi chamada de “TG.Net” e entrevistou cerca de 3 mil pessoas entre 15 e 75 anos de idade, de diversos locais do País e classificou os clientes que preferem realizar suas compras pela internet em duas categorias: “conscientes” e “empolgados”

Os conscientes são aqueles que manifestam preferência e mais confiança pelos sites mais populares e conhecidos, além de pesquisarem bem mais antes de comprar algum produto. Correspondem a quase 20% dos consumidores totais e gastam R$ 646, em média, a cada três meses.

Já os empolgados costumam comprar por impulso, também representam quase 20% dos consumidores totais, porém gastam R$ 1.083, em média, a cada três meses. Essa fatia do público costuma clicar em anúncios na internet com mais frequência que a média: são 57% contra 49%.

É visível o quanto os consumidores conscientes conseguem economizar pelo simples fato de refletirem melhor antes de realizar a compra e, com isso, se mantêm abaixo da média de gastos, de R$ 661.

Dispositivos móveis, como tablets e smartphones, estão se tornando preferência na hora de realizar compras pela internet

Tanto os consumidores conscientes quanto os empolgados estão gastando mais nas compras online por meio dos seus dispositivos móveis, como tablets e smartphones, em relação aos pedidos feitos por computadores e notebooks.

Em relação às compras por celulares e tablets, os empolgados gastaram cerca de R$ 721 em três meses, enquanto que os conscientes compraram, em média, o equivalente a R$ 637 por meio dos dispositivos móveis. Por outro lado, empolgados tiveram média de gastos de R$ 598 e conscientes gastaram cerca de R$ 564 em compras realizadas por computadores e notebooks.

Investimentos nas compras online

Por conta do aumento da popularidade das compras realizadas pela internet, as marcas estão de olho e gastando mais com marketing digital. Enquanto que em 2014 os investimentos em compra de publicidade para e-commerce eram de R$ 2,6 milhões, em 2018 esse montante pulou para R$ 6,7 milhões.

Com o crescente hábito de comprar pela internet, os consumidores estão cada vez mais confiando nos e-commerces. Em 2014, apenas 30% das pessoas se sentiam seguras em usar seus cartões de crédito para compras online. Agora, são mais de 40%.

A importância do marketing digital para um e-commerce

Por meio do marketing digital, é possível melhorar as atividades de interação com o público para entender o comportamento e as preferências dos consumidores (tanto os conscientes quanto os empolgados), sabendo excluir ações que não estão dando o resultado esperado e, ao mesmo tempo, descobrir o que realmente é eficaz para a satisfação dos clientes, o que possibilita o sucesso e a consolidação do negócio.  

Agência de marketing digital oferece otimização de sites para aumentar as vendas

Por meio de consultoria de marketing digital, é possível investir em otimização de sites de maneira assertiva e profissional.

A Consultoria Digital é uma agência de marketing digital que tem foco em soluções totalmente digitais. A empresa, inclusive, oferece planos de consultoria digital para pequenas empresas, que desejam ascender economicamente e se consolidar em um mercado que está cada vez mais competitivo.

Dentre os principais auxílios que a Consultoria Digital oferece aos seus clientes, está a consultoria de marketing digital de SEO, em que um time de profissionais especializados otimiza o site ou página visando aumentar a visibilidade da empresa na internet, ultrapassando a concorrência e aumentando as vendas.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre a Consultoria Digital e otimização de sites.

Deixe uma resposta