Buscas pelo termo “ansiedade” aumentam no Brasil

Em pesquisa divulgada pelo Google, o famoso buscador online, números apontam que brasileiros buscaram até três vezes mais pelo termo “ansiedade” em relação à média dos últimos 16 anos. Entre os meses de janeiro e julho, o termo foi buscado 191% mais vezes do que a média entre os anos de 2004 e 2019. 

Esse fato não é coincidência, considerando-se o caótico cenário mundial causado pela pandemia da covid-19. A data analisada na pesquisa é a mesma das primeiras implementações de medidas de distanciamento social por todo o mundo. O termo “como é ter crise de ansiedade” também foi buscado 50 vezes mais, representando uma alta de 5.000%, se comparado com números dos sete meses anteriores. 

Efeitos do novo coronavírus na saúde mental 

Ainda que esses números sejam alarmantes, estão longe de representarem uma realidade apenas brasileira. Um estudo publicado pela Universidade de San Diego em conjunto com a Universidade John Hopkins também utilizou as pesquisas do Google para evidenciar o aumento de ataques de pânico e ansiedade durante o período da quarentena. 

Pesquisadores envolvidos na pesquisa estimam que houve um total de 3,4 milhões de pesquisas relacionadas aos sintomas de ansiedade durante os primeiros 58 dias da pandemia. 

O que é a ansiedade? 

A ansiedade é um estado emocional de medo, agitação e apreensão generalizada. Por vezes causado por uma ameaça real ou pela antecipação, a ansiedade pode causar sintomas físicos como palpitações, hiperventilação e sudorese.

Em quantidade moderadas, a ansiedade é uma reação natural do corpo humano. Quando o estado ansioso manifesta-se de forma frequente e de modo que impeça o indivíduo de seguir com as atividades cotidianas, pode representar um problema mais grave que demanda tratamento especializado. 

Como tratar a ansiedade?

É comum que o tratamento dessa condição seja feito por meio de psicoterapia e, muitas vezes, aliado ao uso de medicamentos, como ansiolíticos e antidepressivos. As soluções medicamentosas, entretanto, nem sempre estão entre as mais confortáveis para os pacientes. 

Dentre as soluções alternativas que também apresentam resultados satisfatórios estão a prática da meditação e técnicas da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), como a acupuntura. 

A acupuntura representa uma solução duradoura e não-invasiva para o problema de ansiedade, uma vez que os estímulos causados pelas agulhas liberam substâncias que promovem o relaxamento e o bem-estar. Os resultados, geralmente, podem ser observados a curto e médio prazo, contando, no entanto, com efeitos imediatos em alguns casos. Essa é uma alternativa para aqueles que não se sentem confortáveis com o uso de remédios controlados para o tratamento da ansiedade, assim como os efeitos colaterais. 

Existem empresas especializadas na prática da acupuntura, como é o caso da SM Care, uma das principais clínicas de fisioterapia em SP. Dentre os destaques da clínica, a equipe é formada por profissionais altamente treinados para o exercício da acupuntura, principalmente para o tratamento de quadros como a ansiedade. 

É importante, em todo caso, que o diagnóstico seja realizado por um profissional capacitado, a fim de garantir as melhores taxas de sucesso, qualquer que seja o tratamento escolhido pelo paciente.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!