Brasil é o terceiro país que mais fez download de aplicativos em 2020

Estudo mostra que o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking de países que mais baixaram aplicativos no último ano, contando com o Google Play e com a App Store. O fenômeno pode ser justificado pela pandemia da Covid-19

De acordo com estudo divulgado pelo Cuponation e realizado pela companhia Sensor Tower, o Brasil ocupa o terceiro lugar na lista de países que mais fizeram download de aplicativos no terceiro trimestre de 2020, totalizando quase 3 bilhões. 

Fragmentando os dados, o Cuponation ainda divulga que aproximadamente 2,5 bilhões de downloads foram realizados por meio do Google Play (loja de aplicativos pertencente ao sistema Android), e a parcela restante foi realizada na App Store (loja oficial do sistema iOS, da Apple).

É importante ressaltar que, na plataforma do Google, a procura por aplicativos cresceu em 36,4% em comparação com o mesmo trimestre do ano de 2019. Os usuários procuraram mais por aplicativos de redes sociais e entretenimento. Já no sistema da Apple, se comparado com o mesmo período, o número de downloads apresentou queda de 4,7%. As categorias mais buscadas por esses usuários, por sua vez, foram referentes a utilidades, shoppings, entre outros.

Games passam na frente

No topo de todas as preferências, os games encontram lugar cativo. Incluindo o Brasil junto aos outros países que lideram a lista (em primeiro lugar, a Índia), os downloads de games aumentaram tanto na plataforma do Android como no iOS, sendo que, na primeira, foi observado um aumento de 36,4% em comparação com o mesmo período de 2019.

A Apple ainda divulgou uma lista com os aplicativos mais baixados em 2020. Entre os jogos gratuitos, o Among Us prevaleceu no topo da lista de downloads na plataforma brasileira. Em relação aos jogos pagos, o Minecraft e o Plague Inc lideraram. 

Além dos games, outros aplicativos também obtiveram destaque, como o Caixa Tem, Caixa Auxilio Emergencial, Google Meet, Zoom e as redes sociais TikTok, WhatsApp e Instagram. Estes três últimos tiveram grande presença de downloads em dezembro de 2020.

Tendências para o Marketing Digital

O grande crescimento no download de aplicativos, essencialmente os de redes sociais, pode ser justificado pela pandemia da Covid-19, deflagrada em 2020, que obrigou a existência de um novo pensamento sobre as relações e novas práticas de convívio. Assim, o isolamento social decorrente da pandemia obrigou as pessoas a mudarem alguns hábitos e estabelecerem mais presença no ambiente digital.

Essa tendência, ao que tudo indica, deve se estender ao longo do ano de 2021, influenciando diretamente o comércio das marcas e a maior adesão por técnicas de Marketing que visam a uma melhor colocação no universo on-line. Contar com a possibilidade de ser encontrado em mecanismos de busca é uma peça fundamental para um bom desempenho do negócio e para a conquista de possíveis clientes. Isso se dá, por exemplo, com o investimento em uma consultoria SEO

Daniel Imamura, especialista em SEO e CEO da Consultoria Digital, informa que, com a consultoria SEO, “a empresa aparece para as principais buscas do seu mercado que são realizadas nos mecanismos de busca, tais como Google e Bing. Isso possibilita a atração de mais visitantes qualificados e, consequentemente, gera mais oportunidades de vendas, além de melhorar a autoridade e a percepção da marca no mercado, pois o site estará constantemente sendo visto pela audiência do nicho”.

Dessa forma, pode-se perceber que não só uma consultoria SEO mas também outras estratégias de Marketing Digital são fundamentais para o ano de 2021, baseado no interesse dos próprios usuários e no protagonismo que as redes sociais vêm apresentando.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!