Black Friday 2020 deve ter crescimento de 77% nas vendas em relação a 2019

Desafiando previsões, o comércio eletrônico alcançou ótimos números em 2020. Assim, a Black Friday desse ano promete ainda mais: segundo levantamentos, as vendas podem ser 77% maiores do que a edição passada.

Ainda que o ano de 2020 tenha sido desafiador para o comércio como um todo, ele também trouxe algumas mudanças interessantes em relação ao comportamento do consumidor – entre elas, o aumento das compras pela Internet. 

Por esse motivo, a Black Friday 2020 levanta expectativas e promete superar, até mesmo, a sua edição anterior, que bateu recordes de vendas. 

Neste ano, o evento, que é um dos pontos altos do calendário comercial de lojas físicas e e-commerces, acontece no dia 27 de novembro, última sexta-feira do mês. 

Black Friday 2020: o que esperar do mercado?

Segundo uma pesquisa promovida pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em parceria com a Ebit | Nielsen, a edição de 2020 da segunda data mais lucrativa do comércio – que perde apenas para o Natal – tem tudo para atender e superar expectativas. 

Dados do levantamento mostram que, mesmo com o recorde de vendas registrado em 2019, a Black Friday 2020 pode vender até 77% a mais este ano, faturando R$ 6,9 bilhões. Em 2019, o e-commerce cresceu 18% em relação a 2018, acumulando um faturamento de R$ 3,2 bilhões somente entre a última quinta e sexta-feira de novembro. 

Ainda segundo a Ebit | Nielsen, o primeiro semestre de 2020 foi o melhor em duas décadas, representando uma alta de 47% em relação ao período anterior. Percebe-se, portanto, que as altas expectativas para a edição deste ano têm embasamento sólido. 

O que influencia a previsão positiva? 

Com a restrição de funcionamento de lojas físicas, causada pelas medidas de prevenção contra a covid-19, muitos consumidores se viram sem opções, a não ser realizar sua primeira compra pela Internet. 

Meses depois, estes, que eram os “novatos” no mundo dos e-commerces, já estão mais confortáveis com a ideia de comprar por meios digitais e veem a Black Friday como uma ótima oportunidade de conseguir bons descontos. 

Outros fatores que podem influenciar positivamente na decisão de compra são a redução de juros, a familiarização com contas digitais e a consolidação do próprio evento, que já está em sua décima edição. 

Como destacar uma empresa durante a Black Friday? 

Durante eventos comerciais como esse, percebe-se a importância de ter um site bem-estruturado e pensado para a atração e retenção de usuários de maneira orgânica. 

Isso porque, em meio ao mar de anúncios e promoções desta data, será muito mais difícil e provavelmente mais oneroso atingir o seu cliente. Por isso, “empresas que vieram trabalhando durante todo o ano com estratégias de SEO para e-commerce não estarão reféns dos custos elevados de anúncios, pois já tiveram tempo hábil para conquistar bons posicionamentos orgânicos para as buscas mais frequentes nessa grande data do comércio”, comenta Daniel Imamura, CEO de uma agência especializada em SEO para e-commerce

Posicionar um site nos primeiros resultados do Google requer tempo e planejamento, portanto, uma empresa que deseja alavancar suas vendas, principalmente durante eventos como a Black Friday, deve investir, com antecedência, em uma consultoria de SEO voltada para as necessidades de lojas virtuais.

Avatar

Encontre publicações de diversos segmentos e nichos só aqui no portal Universo de Negócios!